Google atualiza termos de uso e informa que analisa seus e-mails para propaganda

Por Redação | 15 de Abril de 2014 às 08h18
photo_camera Divulgação

O Google atualizou nesta segunda-feira (14) seus termos de serviço e agora informa explicitamente que utiliza softwares que analisam os e-mails dos usuários que entram e saem do Gmail. Segundo a empresa, a ideia é otimizar as propagandas direcionadas.

A prática já vinha sendo feita há algum tempo, mas a empresa não informava os usuários disso. Muitos deles, inclusive, vinham processando o Google por invasão de privacidade. Com a atualização do documento, entretanto, a empresa deixa os usuários "cientes" do que está sendo feito e, automaticamente, aceitam a prática ao aceitar os termos do serviço.

A adição no texto surge num parágrafo que informa que “nossos sistemas automatizados analisam seu conteúdo (incluindo e-mails) para fornecer a você produtos e serviços com relevância pessoal, como pesquisas personalizadas, propaganda sob medida e detecção de spams e e-mails maliciosos”.

No mês passado, um juiz norte-americano decidiu não juntar vários processos relativos às violações de privacidade do Google de centenas de milhões de usuários, o que poderia gerar um problema enorme para a empresa. “[O documento atualizado] dará aos usuários ainda mais clareza e é baseado nos feedbacks que temos recebido nos últimos meses”, afirmou Matt Kallman, porta-voz da empresa, à Reuters.

Por enquanto, somente a versão em inglês está atualizada. A versão dos termos de serviço em português é de 11 de novembro de 2013.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.