Google adquire empresa especializada na criação de playlists inteligentes

Por Redação | 02 de Julho de 2014 às 10h20

É inegável a popularidade dos serviços de streaming de música, que cada vez mais atraem a atenção das grandes empresas da internet. Depois da Apple ter anunciado a compra da Beats Electronics – interessada principalmente em seu serviço Music –, o Google revela agora a aquisição do Songza, um serviço de criação de playlists inteligentes. As informações foram publicadas pelo The Verge.

A ideia é a mesma presente em serviços como o Pandora e o próprio concorrente: utilizar o histórico de artistas e faixas do usuário, além de análises musicais de combinação, para indicar novas faixas para serem ouvidas e artistas que possam ser de interesse. Além disso, o Songza conta também com convidados e especialistas de determinadas marcas, criando listas de reprodução baseadas em produtos, temas ou nomes específicos.

De acordo com o Google, a solução do Songza será aplicada a serviços como o Google Play Music e, quem sabe, também o YouTube, que está prestes a ganhar seu próprio sistema de assinaturas musicais. Apesar disso, a empresa comprada continuará atuando de forma independente, pelo menos por enquanto e até que sua nova controladora decida exatamente como será o futuro em relação à transmissão musical.

A compra aquece ainda mais o mundo dos serviços musicais. Há quem diga que, no longo prazo, essa onda dos streamings se provará uma bolha, já que o pagamento de royalties acaba freando a lucratividade desse negócio. Por outro lado, por esse mesmo fator, as plataformas do tipo teriam futuro garantido no colo de grandes empresas como Google e Apple, que têm faturamento oriundo de outras fontes e pode oferecer o portfólio de gravadoras e artistas como mais uma maneira de incentivar o uso de seus produtos.

Seja como for, é um movimento que coloca nomes como Spotify, Deezer e Pandora em vantagem, seja como possíveis interesses para venda, ou por já terem a experiência necessária por atuarem nesse mercado há algum tempo. Não é sempre que a gente vê grandes companhias de tecnologia correndo atrás de peixes pequenos, mas é exatamente isso o que acontece agora, constituindo um cenário bem interessante.

Os detalhes específicos sobre a aquisição do Songza, porém, não foram revelados. O Google não disse quanto pagou pelo Songza nem quando a compra será concluída, mas de acordo com informações do New York Post, o valor envolvido gira em torno dos US$ 15 milhões.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.