Google Play Music ganha recurso para sincronizar conteúdo à la iTunes Match

Por Redação | 26 de Dezembro de 2012 às 16h00

O Google anunciou recentemente a introdução de novos recursos no seu serviço Google Play Music, permitindo que os usuários sincronizem suas músicas e as armazenem em uma única biblioteca, muito similar ao iTunes Match da Apple.

Segundo o CNET, ao criar novas contas no Google Play, os usuários podem permitir que o sistema vasculhe sua memória à procura de arquivos musicais e os adicione à biblioteca online do usuário. A ferramenta permite que o usuário transfira seus arquivos a qualquer momento e para outros dispositivos, e o melhor, sem pagar nada por isso - para ter uma ideia o iTunes Match custa US$ 25 (cerca de R$ 50) ao ano.

As músicas estarão disponíveis na nuvem do Google Play Music no formato MP3 e em alta qualidade, comprimidas a 320Kbps. Além disso, as faixas podem ser executadas via streaming ou baixadas, basta o usuário ter acesso à internet.

Google Play Music

Foto: Divulgação

O site Tech Radar afirma que o novo serviço do Google, assim como o da Apple, não permite o acesso a canções com conteúdos explícitos como, por exemplo, palavrões. Com isso, os usuários terão acesso apenas às versões mais "família" das músicas, o que pode gerar uma série de protestos entre os usuários.

O Play Music ainda tem suporte para o armazenamento de até 20 mil músicas que podem ser acessadas pelo navegador do seu computador ou por qualquer dispositivo Android com o aplicativo exclusivo instalado. Por enquanto, o serviço não está disponível no Brasil, mas o Google garante que ele deverá chegar em breve para todos os países.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.