Gartner prevê crescimento limitado no setor de outsourcing de TI

Por Redação | 06 de Agosto de 2013 às 08h35

O mercado mundial de terceirização de TI está pronto para crescer de maneira mais lenta do que o esperado, chegando a US$ 288 bilhões em 2013 - um aumento de apenas 2,8% em relação a 2012. As informações são do Instituto Gartner e foram divulgadas pelo CIO.

Olhando mais adiante, o Gartner prevê uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 5,4% no mercado global de outsourcing até 2017. O mercado de TI na América do Norte deve vivenciar um crescimento um pouco maior, de 8% até o final do ano e uma taxa de crescimento anual composta de 6% até 2017, impulsionada em grande parte pela infraestrutura como um serviço, hosting e ofertas de compartilhamento de localização (colocation).

Dentre os diversos fatores que têm contribuído para o crescimento lento do outsourcing em TI, o Gartner destaca que a computação na nuvem (que a empresa não inclui em seus números de outsourcing) modificou o negócio tradicional de terceirização e causou uma pressão em cima dos preços dos serviços de TI. Pela primeira vez, terceirizados estão adiando suas decisões ou reduzindo o escopo de seus negócios em meio à incerteza econômica, que de acordo com o Gartner, vai continuar a diminuir o crescimento dos gastos com TI em até 3% ao ano.

Enquanto isso, os provedores de serviços de TI continuam fazendo concessões de preço e renovando apenas seus negócios mais rentáveis. Alguns dos maiores provedores de TI – como HP e CapGemini – estão no meio de mudanças estratégicas ou planos de recuperação, o que diminui a taxa de crescimento. Cerca de 39% (77) dos 200 melhores provedores não apresentaram crescimento durante 2012, e sete dos 25 principais líderes da quota de mercado apresentaram diminuição.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.