Gartner prevê crescimento limitado no setor de outsourcing de TI

Por Redação | 06 de Agosto de 2013 às 08h35

O mercado mundial de terceirização de TI está pronto para crescer de maneira mais lenta do que o esperado, chegando a US$ 288 bilhões em 2013 - um aumento de apenas 2,8% em relação a 2012. As informações são do Instituto Gartner e foram divulgadas pelo CIO.

Olhando mais adiante, o Gartner prevê uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 5,4% no mercado global de outsourcing até 2017. O mercado de TI na América do Norte deve vivenciar um crescimento um pouco maior, de 8% até o final do ano e uma taxa de crescimento anual composta de 6% até 2017, impulsionada em grande parte pela infraestrutura como um serviço, hosting e ofertas de compartilhamento de localização (colocation).

Dentre os diversos fatores que têm contribuído para o crescimento lento do outsourcing em TI, o Gartner destaca que a computação na nuvem (que a empresa não inclui em seus números de outsourcing) modificou o negócio tradicional de terceirização e causou uma pressão em cima dos preços dos serviços de TI. Pela primeira vez, terceirizados estão adiando suas decisões ou reduzindo o escopo de seus negócios em meio à incerteza econômica, que de acordo com o Gartner, vai continuar a diminuir o crescimento dos gastos com TI em até 3% ao ano.

Enquanto isso, os provedores de serviços de TI continuam fazendo concessões de preço e renovando apenas seus negócios mais rentáveis. Alguns dos maiores provedores de TI – como HP e CapGemini – estão no meio de mudanças estratégicas ou planos de recuperação, o que diminui a taxa de crescimento. Cerca de 39% (77) dos 200 melhores provedores não apresentaram crescimento durante 2012, e sete dos 25 principais líderes da quota de mercado apresentaram diminuição.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.