GTC 2015: conheça o DIGITS DevBox, máquina da NVIDIA que custa US$ 15.000

Por Pedro Cipoli | 19 de Março de 2015 às 17h29
photo_camera Pedro Cipoli/Canaltech
TUDO SOBRE

Nvidia

*De San José, Califórnia (EUA)

Quanto você acha que custaria uma máquina top de linha para desenvolvedores? Que tal US$ 15.000 (aproximadamente R$ 50.000 no Brasil)? Esse é o preço sugerido da DIGITS DevBox da NVIDIA, uma máquina especialmente projetada para desenvolvedores e com um fortíssimo poder computacional graças ao enorme paralelismo da configuração, indicada especialmente para Deep Learning.

Apenas como comparação, o Mac Pro da Apple começa com preços em torno de US$ 2.999 (cerca de R$ 10.000) nas configurações mais básicas, isso considerando a boa margem de lucro da Apple, comum em todos os produtos. Então, o que a DevBox tem de especial para custar tão caro, mesmo para os padrões americanos? Vamos dar uma olhada na configuração.

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

DIGITS DevBox

Começando pelo que chama mais atenção, o DevBox vem com nada menos do que quatro Titan X em SLI, recém anunciada GPU da empresa durante o GTC 2015. Isso significa 12.288 processadores de fluxo CUDA, 48 GB de memória GDDR5 rodando a 7 GHz e uma TDP combinada de 1.000 Watts – tudo para que o desenvolvedor não veja um gargalo sequer em seus testes.

DIGITS DevBox

O restante da configuração também impressiona, com 64 GB de memória DDR4 quad-channel, processador Intel Core i7 de última geração com refrigeração líquida, chipset X99 com uma placa-mãe da ASUS, 3 HDs de 3 TB cada um em RAID 5 com um SSD mSATA e outro SSD comum primário e uma fonte de alimentação de 1.500 Watts. O sistema operacional é o Ubuntu 14.04, edição LTS (Long-Term Support), já que o foco é desenvolvimento, em especial voltado para Deep Learning, e não games.

DIGITS DevBox

A NVIDIA anunciou que não venderá a DevBox em escala, e sim para interessados que preencherem o cadastro no site oficial da empresa, um dos pontos que explica o seu alto preço (afinal, estamos falando de quase 5 Mac Pros da Apple de configuração básica). Quando questionada sobre o alto custo, a NVIDIA assegurou que dará o melhor suporte possível para desenvolvedores, além de oferecer a DevBox com todos os programas pré-instalados. Basta ligar e usar.

DIGITS DevBox

Sim, trata-se de uma máquina bastante cara. Afinal, cada uma das placas de vídeo custa US$ 999 nos Estados Unidos, e mesmo que o restante da configuração traga o que há de melhor em desempenho atualmente, ainda assim a conta não fecha. Sim, teoricamente é possível montar uma máquina com a mesma configuração da DevBox, instalar o Ubuntu 14.04 e configurar tudo o que é necessário, mas o usuário ficará sem o suporte da companhia.

O que achou da DIGITS DevBox? Acha que vale o preço para o desenvolvedor que quer entrar no mundo do Deep Learning? Conte para nós nos comentários.

*O Canaltech viajou a San Jose, na California, a convite da NVIDIA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.