Fusão entre Oi e Portugal Telecom é aprovada no Brasil

Por Redação | 14 de Janeiro de 2014 às 16h27

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) publicou, na edição desta terça-feira (14) do Diário Oficial da União, sua aprovação à fusão entre as operadoras Oi e Portugal Telecom. O parecer positivo foi dado sem restrição alguma e permite que seja criada a CorpCo, companhia que vai controlar as duas empresas no Brasil e outros países do mundo.

Anunciada em 2011, a união entre as companhias estava em processo de aprovação para garantir a inexistência de problemas de concorrência ou possíveis formações de monopólio. Justamente por isso, a Portugal Telecom teve que abrir mão de suas ações da Vivo, por já atuar no Brasil por meio da Oi.

De acordo com a Empresa Brasil de Comunicação, o Diário Oficial afirma que a CorpCo passará a atuar em outros países de língua portuguesa. Além disso, os documentos mostram que não haverá prejuízo à concorrência livre entre as operadoras de telefonia no Brasil, desde que, claro, a empresa mantenha os termos propostos nos documentos apresentados ao Cade.

A fusão trará R$ 7 bilhões em capital para a Oi e resultará na criação de uma multinacional com mais de 100 milhões de clientes. Além disso, a estrutura societária da CorpCo será simplificada, já que não existirão acionistas ou grupos de investidores com participação majoritária nas votações.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.