Fusão entre Oi e Portugal Telecom é aprovada no Brasil

Por Redação | 14.01.2014 às 16:27

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) publicou, na edição desta terça-feira (14) do Diário Oficial da União, sua aprovação à fusão entre as operadoras Oi e Portugal Telecom. O parecer positivo foi dado sem restrição alguma e permite que seja criada a CorpCo, companhia que vai controlar as duas empresas no Brasil e outros países do mundo.

Anunciada em 2011, a união entre as companhias estava em processo de aprovação para garantir a inexistência de problemas de concorrência ou possíveis formações de monopólio. Justamente por isso, a Portugal Telecom teve que abrir mão de suas ações da Vivo, por já atuar no Brasil por meio da Oi.

De acordo com a Empresa Brasil de Comunicação, o Diário Oficial afirma que a CorpCo passará a atuar em outros países de língua portuguesa. Além disso, os documentos mostram que não haverá prejuízo à concorrência livre entre as operadoras de telefonia no Brasil, desde que, claro, a empresa mantenha os termos propostos nos documentos apresentados ao Cade.

A fusão trará R$ 7 bilhões em capital para a Oi e resultará na criação de uma multinacional com mais de 100 milhões de clientes. Além disso, a estrutura societária da CorpCo será simplificada, já que não existirão acionistas ou grupos de investidores com participação majoritária nas votações.