Fundador do Uber é detido na Coreia do Sul

Por Redação | 24 de Dezembro de 2014 às 13h07

O CEO e fundador do Uber, empresa que oferece transporte similar ao táxi convencional, foi preso nesta quarta-feira (24) na Coreia do Sul. Travis Kalanick é acusado de exercício ilegal da profissão de taxista. De acordo com informações do G1, Kalanick e uma empresa local de aluguel de carros não respeitaram a regulamentação sobre o transporte de pessoas, segundo informou a promotoria.

O pedido de detenção foi emitido pelo governo municipal de Seul. Caso seja condenado, Kalanick pode pagar uma pena de dois anos de reclusão e uma multa no valor de 20 milhões de wons (US$ 18.500).

As autoridades de Seul estão tentando coibir a ação de motoristas particulares que trabalham para o Uber. O governo local oferece uma recompensa de um milhão de wons para quem divulgar informações sobre as atividades de motoristas que utilizem o Uber.

A empresa americana enfrenta diversos problemas em todo mundo. Mesmo com ampla atividade – atua em 200 cidades de 45 países – a startup teve problemas com a justiça em vários países, onde os taxistas afirmam que a concorrência é desleal. Recentemente o Uber foi proibido na Índia, Tailândia e Espanha.

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2014/12/travis-kalanick-fundador-do-uber-e-detido-na-coreia-do-sul.html

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.