Foxconn fecha primeiro tri com queda de 19,2%; vendas fracas do iPhone 5?

Por Redação | 15 de Maio de 2013 às 15h25

A Foxconn Hon Hai Precision Industry registrou queda de 19,2% ano a ano em sua receita no primeiro trimestre fiscal de 2013, fechando o período com rendimento de US$ 27 bilhões (R$ 54,5 bilhões). Analistas acreditam que essa redução se deve à baixa demanda pelo iPhone 5, lançado em setembro do último ano. As informações são do PC World.

Mesmo com a queda de sua receita, a empresa fechou o período com alta de 8,4% no lucro líquido atingindo a marca de US$ 55 bilhões (R$ 111 bilhões). A Hon Hai é o principal braço da Foxconn, conhecida por ser uma das principais fornecedoras de componentes da Apple.

O analista da firma Fubon Securities Investment Services Co., Arthur Liao, afirma que a redução na venda de iPhones 5 no primeiro trimestre deste ano comprometeu o desempenho da Foxconn, assim como o fato de a maioria dos consumidores estarem optando pelo iPad mini ao invés do iPad convencional. "Eu também acredito que o segundo trimestre será ainda pior para a Hon Hai", acrescentou, revelando que a demanda dos consumidores deverá migrar para smartphones produzidos pelas concorrentes Samsung e HTC.

Estima-se que os produtos da Apple representem cerca de 40% a 50% da receita total da Foxconn, mas a empresa taiwanesa está perdendo alguns pedidos de produtos e componentes para a sua maior concorrente, a Pegatron, devido aos preços mais convidativos. Liao afirmou que a Maçã irá lançar um iPhone de baixo custo no terceiro trimestre deste ano e que sua produção deverá ser realizada do começo ao fim pela Pegatron e não pela Hon Hai. O analista acredita que o aparelho chegará ao mercado por um valor que varia entre US$ 300 e US$ 350 (R$ 606 e R$ 707, respectivamente).

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!