Fire Phone está agradando aos desenvolvedores de aplicativos

Por Redação | 23 de Junho de 2014 às 08h24

Apenas horas depois de receber o kit de desenvolvimento do Fire Phone, o novo celular da Amazon, a Squarehub já demonstrou o seu amor pelo sistema operacional criado pela empresa. De acordo com a startup, responsável por um sistema de criação de redes sociais privadas, a plataforma utilizada pela gigante varejista é o “sonho” de qualquer desenvolvedor de software.

Segundo as informações publicadas pelo VentureBeat, a empresa pode rodar seu aplicativo no novo sistema apenas algumas horas depois de receber o kit de desenvolvimento. E foi justamente essa uma das capacidades mais alardeadas pelo CEO Jeff Bezos durante a apresentação oficial do Fire Phone, na última quarta-feira (18).

O presidente da Amazon sabe que sua estratégia mobile não seria nada sem uma boa quantidade de aplicativos e, assim como faz com os tablets da linha Kindle, lança seu novo smartphone com um sistema operacional baseado em Android e cheio de ferramentas para que os desenvolvedores possam portar rapidamente seus aplicativos para o aparelho. Quem desejar, claro, pode ir ainda mais além e utilizar as capacidades 3D, que são um dos grandes destaques do celular.

É exatamente essa segunda opção que a SquareHub quer seguir, adotando as funções estereoscópicas do Fire Phone em um aplicativo que, teoricamente, não precisaria de nada disso. Mas, de acordo com Dave Cotter, o diretor da startup, a ideia é experimentar a nova tecnologia e aumentar a atratividade do próprio software, ampliando a imersão de seus usuários.

Além disso, a empresa promete apostar nos comandos por gestos, aproveitando as quatro câmeras frontais do celular para explorar esse tipo de usabilidade. Para Cotter, principalmente quando se trata de um app familiar como o SquareHub, qualquer coisa que torne a experiência mais divertida e intuitiva faz com que o aplicativo se torne melhor e mais atrativo.

A startup também espera usar as opções de monetização exclusivas do Fire Phone para ampliar ainda mais esse potencial em sua plataforma. O principal destaque aqui é permitir que a família crie uma “lista de desejos” compartilhada, com itens a serem comprados utilizando o gigantesco banco de dados de produtos disponíveis na Amazon. Tudo, claro, com o produtor de software recebendo uma pequena comissão.

Outra novidade que está ganhando bastante atenção dos desenvolvedores é a Firefly, função que permite ao sistema reconhecer objetos fotografados para indicar links para compra. Trata-se de uma função que não apenas funciona de forma independente no sistema operacional, mas também pode ser aproveitada por outros aplicativos. E a SquareHub, é claro, está nessa onda.

O Fire Phone chega no dia 25 de julho ao mercado norte-americano. Por enquanto, não existe previsão de lançamento oficial no Brasil.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.