FTC está sob investigação devido ao vazamento de informações do caso Google

Por Redação | 09 de Janeiro de 2013 às 15h53
TUDO SOBRE

Google

A principal função da FTC (sigla em inglês para Comissão Federal de Comércio) é promover a defesa do consumidor, bem como eliminar e prevenir práticas anticompetitivas nos Estados Unidos. No entanto, agora é a própria comissão que está sob investigação.

Nos últimos seis meses, o Google tem mantido uma presença constante no mundo das notícias por causa do inquérito antitruste da FTC. Porém, a grande maioria das informações que surgiram na imprensa sobre o caso vieram de fontes anônimas, identificadas apenas como "familiarizadas com a situação". Isso levou o Congresso norte-americano a colocar a FTC sob escrutínio devido à quantidade de informação vazada para a mídia.

Segundo a lei antitruste — que se destina a punir práticas anticompetitivas —, as informações de uma investigação da FTC não devem ser liberadas para os meios de comunicação, até que a decisão final seja tomada e o anúncio oficial tenha sido realizado.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Conforme informa o site eWeek, no dia 3 de janeiro, Darrel Issa, presidente do Comitê de Supervisão e Reforma do Governo dos Estados Unidos, enviou uma carta ao Investigador Geral da FTC, Scott Wilson, solicitando uma investigação imediata sobre a fonte dos vazamentos.

"Durante todo o processo, as informações não públicas sobre a evolução da investigação têm sido indevidamente compartilhadas com os meios de comunicação. Acredita-se que a comissão esteja contribuindo, ou então seja a fonte destas informações... Para determinar se a comissão, ou sua equipe, tem compartilhado informações privadas com o público ou a imprensa sobre a investigação do Google, eu solicitei ao Gabinete do Inspetor Geral que investigue de imediato o assunto", disse Darrel Issa em sua carta.

Agora, a FTC terá muito que explicar em relação ao vazamento de tanta informação pertinente ao caso.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.