Ex-executivos da HTC criam startup para fabricar smartphones 'robustos'

Por Redação | 18 de Junho de 2013 às 12h51

A disputa cada vez mais acirrada no mundo dos smartphones não intimidou dois ex-executivos da HTC, que resolveram abrir sua própria startup para oferecer smartphones "robustos" para o mercado europeu.

O ex-chefe de vendas, Michael Coombes, e Jame Atkins, ex-chefe de marketing no Reino Unido, são dois dos vários executivos que deixaram a HTC no início do ano, e agora estão se posicionando como concorrentes diretos de sua antiga empresa após fundar a 'Kazam'.

De acordo com o CNET, Kazam é uma fabricante de smartphones focada em design, atendimento ao cliente e no mercado europeu. "Há uma oportunidade real para uma nova marca de dispositivos móveis para perturbar o status quo", disse Atkins. "Somos apaixonados por oferecer uma experiência móvel verdadeiramente positiva, que não termina assim que você compra o telefone."

KAZAM

Michael Coombes à esquerda e James Atkins à direita (Imagem: Neowin.net)

E é exatamente esse o diferencial que os executivos acreditam ser o ponto chave para seu sucesso: o pós-venda dos dispositivos vendidos. Considerando que os smartphones rotineiramente recebem novas atualizações de software, a empresa provavelmente irá oferecer ao cliente um suporte que vai além da disponibilização desses updates. "A estrutura dinâmica do Kazam e o foco em mercados locais significa que podemos reagir rapidamente à constante evolução e divergência nas necessidades do consumidor", explica Coombes.

Ainda não é possível dizer se eles conseguirão atingir seus objetivos, pois para isso ainda precisamos ouvir falar muito sobre a Kazam, mas, de qualquer forma, trata-se de um caminho árduo. Grandes e sólidas empresas como a própria HTC, LG, Samsung e Apple se esforçam todos os dias para se destacar nesse mercado competitivo, isso sem contar com outros nomes como Huawei e ZTE, que têm lutado para entrar em mercados maduros.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.