Evernote faz parceria com o LinkedIn para sincronizar cartões de visita

Por Redação | 07 de Maio de 2014 às 12h52

O Evernote está dando mais um passo para ganhar força no mercado empresarial e, agora, anunciou uma parceria com o LinkedIn. A plataforma focada no mercado de trabalho agora vai poder se integrar com a rede social por meio de sua função de escaneamento de cartões de visita, permitindo que mais detalhes sobre aquele contato sejam adicionados ao app para iOS.

Além das informações em si, o aplicativo também ganhará uma função que melhora a organização dos contatos, indicando o local e hora em que a troca de cartões aconteceu. Assim, o usuário poderá se lembrar rapidamente em que circunstâncias se encontrou com aquela pessoa e retomar o contato de forma mais rápida.

Agora, as duas empresas dão as mãos em um mercado que cada vez mais se torna essencial para as empresas que trabalham com cloud computing, ao contrário dos usuários comuns, que tendem a usar mais soluções gratuitas. De acordo com as informações publicadas pelo The Verge, Evernote e LinkedIn afirmam que essa é apenas a primeira de muitas outras parcerias que ainda estão por vir para aumentar seu total de usuários e criar funções específicas para o segmento empresarial.

O CEO do Evernote, Phil Libin, não economizou elogios na hora de falar sobre o LinkedIn. Na visão dele, a parceria trata-se de uma união de “quem você conhece” com “o que você sabe”, integrando informações e entregando aos usuários todos os dados que ele precisa na hora em que ele quiser fazer uso deles. Assim, na visão do executivo, as empresas são muito compatíveis e combinam de diversas formas diferentes.

Opção gratuita

Até agora, a opção de escaneamento de cartões estava disponível apenas para os assinantes do Evernote. Com o anúncio da parceria, porém, todos aqueles que possuem o serviço instalado no iOS terão um ano gratuito da função, desde que conectem suas contas de usuário no serviço à do LinkedIn.

A ideia, claro, é atrair mais e mais usuários que não conhecem a função ou não a enxergam como um fator importante para facilitar o cotidiano. Com um ano de uso constante da ferramenta, que utiliza o reconhecimento de caracteres para extrair as informações dos cartões através da câmera, esses usuários podem acabar mudando de ideia.

A parceria, porém, tem suas vítimas. Como a função de escaneamento de cartões passa a ser integrada ao Evernote, o CardMunch – serviço que foi comprado pelo LinkedIn em 2011 – encerrará suas atividades no dia 11 de julho. O serviço já vinha minguando há algum tempo e, para muitos de seus usuários, era apenas uma questão de tempo até que ele fosse abandonado de vez.

Apesar disso, não há motivo para pânico. De acordo com o Evernote, todos os usuários do CardMunch terão acesso a dois anos gratuitos do serviço de escaneamento de cartões. Para facilitar a transição, a empresa disponibilizará uma ferramenta de importação de contatos para que nenhuma informação seja perdida na troca de aplicativos.

A função também deve dar as caras no Android em breve e aumentar ainda mais a gama de usuários do novo recurso, que é vista pelo Evernote como sua principal fonte de renda. Sobre esse assunto o CEO do Evernote ainda faz uma aposta no futuro dos cartões de visita, um elemento que muitos acreditam já estar desaparecendo do mercado corporativo. “Não há razão para que eles desapareçam. E acredito que nós acabamos de torná-los ainda mais úteis”.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!