Tudo sobre o evento da Maçã: Apple Watch terá modelo de mais de R$ 30 mil

Por Joyce Macedo | 09 de Março de 2015 às 14h26

Durante um evento que aconteceu nesta segunda-feira (09) em São Francisco (EUA), a Apple realizou uma série de anúncios, entres eles um novíssimo MacBook, um novo serviço exclusivo de streaming, uma redução de preço da Apple TV para US$ 69 e, é claro, o Apple Watch.

HBO Now

HBO Now

Tim Cook convidou o CEO da HBO, Richard Plepler, ao palco para falar sobre um novo serviço de streaming: o HBO Now. O lançamento do serviço acontece em uma parceria exclusiva com a Apple.

"Tudo que você precisa é de uma conta no HBO Now, conexão banda larga e um dispositivo Apple", explica Plepler. O HBO Now será compatível com todos os dispositivos da Apple, será lançado em abril e custará US$ 14,99 por mês nos Estados Unidos, com direito ao primeiro mês grátis.

Para ilustrar o novo serviço, um trailer da nova temporada de Game of Thrones também foi apresentado.

Game of Thrones

Ainda no quesito streaming, o CEO da Apple anunciou que a Apple TV terá uma queda de preço nos Estados Unidos. Antes, o preço sugerido do dispositivo era de US$ 99, e agora será US$ 69.

ResearchKit

A Apple também anunciou uma novidade relacionada à medicina. A empresa quer usar a tecnologia do iPhone para torná-lo uma espécie de ferramenta de pesquisa médica para mudar a escala da captura de dados.

O ResearchKit é uma ferramenta OpenSource que vai permitir que desenvolvedores criem facilmente aplicativos voltados para estudos clínicos. Um exemplo de aplicativo que pode ser criado com a ferramenta é algo voltado para o diagnóstico do mal de Parkinson. Com um simples teste de fala ou escrita na tela, o iPhone reconhece variações de movimentos e/ou tremulações na voz.

Os cinco primeiros aplicativos construídos com o ResearchKit já estão disponíveis na App Store a partir de hoje.

ResearchKit

Novo MacBook

Agora extremamente fino, com apenas 1,3 cm em seu lado mais espesso, o novo MacBook pesa apenas 910 gramas, traz carcaça de metal e novo teclado.

Novo MacBook

Phil Schiller, vice-presidente de marketing, é quem apresentou os detalhes técnicos do novo notebook da empresa. Com uma tela de retina de 12 polegadas e 3,3 milhões de pixels (resolução de 2304 x 1440 pixels), O notebook não possui ventoinhas, e é construído em uma arquitetura unibody de alumínio.

O dispositivo estará disponível em 3 cores: prata, cinza e dourada. Ele é equipado com o processador Intel Core M de 5ª geração e consome apenas 5 watts. De acordo com a Apple, a bateria poderá durar até 9 horas navegando na Internet, ou até 10 horas assistindo a filmes no iTunes.

O novo MacBook também possui o esperado (e controverso) conector USB-C, capaz de suportar conexões USB, DisplayPort, conexão de energia, VGA e HDMI, todas no mesmo lugar.

As teclas têm o suporte de uma base feita em aço inoxidável e ficaram 40% mais finas, graças a uma nova tecnologia chamada "mecanismo borboleta". O trackpad é capaz de sentir a pressão aplicada, dando a possibilidade de suportar novos gestos em aplicativos.

Teclado novo MacBook

Os novos MacBooks custarão a partir de US$ 1.299 (versão de 8 GB de memória, processador de 1,1 GHz e 256 GB de SSD).

Apple Watch

Tim Cook finalizou o evento com a apresentação do esperado Apple Watch, "o relógio mais avançado já criado".

Apple Watch

Os mostradores poderão ser personalizados com uma série de widgets com informações úteis, como previsão do tempo, compromissos da agenda, etc.

Apple Watch

O aparelho traz alto-falantes e microfones embutidos, e também permite o gerenciamento de e-mails diretamente pelo relógio.

Apple Watch

Entre os diversos recursos disponíveis, será possível ouvir músicas, realizar pagamentos com o Apple Pay e interagir com a Siri por meio do Apple Watch utilizando apenas a voz. Com um duplo toque na coroa digital do relógio, a Siri é chamada. Aí, o usuário pode fazer uma pergunta e a resposta aparecerá na tela do Apple Watch.

A coroa digital também permitirá a navegação entre os itens dos aplicativos. Notificações do iPhone poderão ser exibidas na tela, bem como notícias e uma série de outras informações diretamente no pulso do usuário.

O relógio tem diversos sensores e recursos voltados para a saúde e prática de esportes. O Apple Watch também vai incentivar o usuário a passar menos tempo sentado e se exercitar mais.

Apple Watch

O usuário poderá visualizar fotos no Instagram, solicitar um carro no Uber e até mesmo usar o Apple Watch como chave de um quarto de hotel.

Tim Cook afirmou que a bateria do relógio vai durar cerca de 18 horas de uso convencional. Para carregar o gadget, basta conectar o carregador magnético na parte traseira do relógio.

Carregador Apple Watch

O Apple Watch estará disponível em três coleções: "Apple Watch Sport", "Apple Watch", e "Apple Watch Edition".

Os modelos do Apple Watch Sport são feitos de alumínio anodizado nas cores cinza espacial e prata. O alumínio usado para fazer a versão esportiva do relógio é 60% mais forte do que as ligas utilizadas normalmente.

Preços e data de lançamento

Os preços do Apple Watch variam de acordo com a espessura do dispositivo. Modelos com 38 mm custarão entre US$ 349 e US$ 390, enquanto os modelos com 42 mm custarão ente US$ 509 e US$ 1.099, dependendo da pulseira escolhida.

A versão Edition, coberta em ouro 18 quilates, custará a partir de US$ 10 mil. Ou cerca de R$ 30 mil, sem os impostos.

Apple Watch Edition

Apple Watch Edition

O Brasil ficou de fora da lista de lugares onde o Apple Watch começará a ser vendido no dia 24 de abril. Caso você queira garantir o seu no dia do lançamento, precisará buscá-lo em um dos seguintes países: Austrália, Canadá, China, França, Alemanha, Hong, Kong, Japão, Reino Unido e Estados Unidos. As pré-vendas começam no dia 10 de abril.

Apple Watch
Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.