Estudo sobre competitividade coloca Brasil na 14ª colocação entre 15 países

Por Redação | 15 de Janeiro de 2015 às 11h20

O estudo Competitividade Brasil 2014, realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi divulgado nesta quarta-feira (14) e traz o Brasil na 14ª posição de um ranking formado por 15 países, informa o TI Inside.

Os países avaliados incluem Argentina, África do Sul, Austrália, Canadá, Chile, China, Colômbia, Coreia do Sul, Espanha, Índia, México, Polônia, Rússia e Turquia e são oito requisitos verificados em cada um deles: disponibilidade e custo de mão de obra; disponibilidade e custo de capital; infraestrutura e logística; peso dos tributos; ambiente macroeconômico; ambiente microeconômico; educação; tecnologia e inovação.

Apesar da avaliação negativa, o país conseguiu manter a oitava posição quando o assunto é competividade tecnológica e inovação - a mesma ocupada há um ano. Considerando apenas os itens relacionados à capacidade de inovação, o Brasil está em sexto lugar. Já quando o assunto é fatores de apoio governamental e pesquisa e desenvolvimento, o país cai para a nona colocação no ranking.

O Brasil esteve em posições inferiores (entre 11ª e 15ª) em cinco aspectos que influenciam a competitividade de um país. São eles: "disponibilidade e custo de capital" (15º), "ambiente macroeconômico" (15º), "infraestrutura e logística" (14º), "peso dos tributos" (13º) e "ambiente microeconômico" (11º).

Em nível intermediário, que vai da 6ª até a 10ª posição, o país possui a 8ª colocação em "tecnologia e inovação" e a 9ª em "educação".

O único requisito em que o Brasil foi bem avaliado é “disponibilidade e custo de mão de obra”, ocupando a 4ª colocação. No estudo anterior, de 2013, o país tinha ficado na 7ª posição do ranking quando considerado este mesmo item, mostrando uma recuperação em termos de capacitação dos profissionais disponíveis no mercado. Nesta categoria, o país está atrás apenas do México, Chile e Colômbia.

Na classificação geral do estudo, nosso país fica à frente apenas da Argentina e logo atrás da Colômbia na 13ª colocação. Entre as 15 nações avaliadas, o Canadá continua sendo o mais competitivo do grupo, com a pior colocação sendo em "disponibilidade e custo de mão de obra", onde aparece no 12º lugar.

Fonte: http://convergecom.com.br/tiinside/14/01/2015/brasil-mantem-oitava-colocacao-em-ranking-de-paises-mais-competitivos-em-tecnologia-e-inovacao/#.VLaaoSvF-W1

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!