Estranho? Na Europa, Google poderá linkar seus resultados para o Bing

Por Redação | 25 de Abril de 2013 às 16h07

O caso antitruste do Google na Europa pode estar se aproximando de um desfecho. Em resposta às alegações de que estaria abusando de sua posição dominante no mercado, o Google propôs algumas mudanças no modo como ele apresenta seus resultados de buscas.

Em uma das soluções propostas pelo gigante de Mountain View e divulgada pela Comissão Europeia, o Google disse que poderia linkar seus resultados diretamente a motores de busca concorrentes, como Bing e Yandex. A União Europeia concedeu às partes interessadas um mês para comentar as propostas apresentadas pela companhia, mas é muito provável que empresas como a Microsoft queiram um pouco mais do Google.

Outra medida apresentada permite que os sites consigam facilmente impedir que o Google indexe seu conteúdo. Por exemplo, o Canaltech poderia impedir que seu conteúdo fosse utilizado no Google Notícias, por exemplo.

A última proposta da empresa diz que ela se compromete a "não impor obrigações que impediriam os anunciantes de gerenciar buscas de campanhas publicitárias em todas as plataformas de publicidade concorrentes". Essa é uma das medidas mais interessantes, pois bate de frente com a acusação de "anti-concorrência" apresentada pela Comissão.

Lembrando que, caso as medidas sejam aprovadas por todos, elas serão válidas apenas na Europa, onde a empresa comanda 90% do mercado de buscas.

Saiba mais: Antitruste: pela primeira vez, Google aceita alterar ferramenta de buscas

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.