Estado de SP cria prontuário eletrônico de pacientes do SUS baseado na nuvem

Por Fernanda Morales | 21 de Agosto de 2013 às 13h06

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo acaba de apresentar um novo sistema de prontuário eletrônico de pacientes da rede pública de saúde, baseado na nuvem. O objetivo do projeto é permitir o acesso unificado e imediato do prontuário médico dos pacientes em qualquer unidade do SUS (Sistema Único de Saúde) do estado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Com o novo sistema, os médicos têm acesso ao prontuário completo de todos os pacientes, garantindo assim que uma nova análise clínica não precise ser iniciada em cada unidade do SUS pela qual o paciente passar. O projeto, intitulado S4SP (Saúde para São Paulo), começou a ser desenvolvido no último ano em uma parceria com a Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo), com investimento de R$ 56 milhões.

A Prodesp garantirá o sigilo de informações de 20 milhões de pacientes do sistema público. O sistema baseado na nuvem foi testado dentro do projeto piloto por 11 hospitais da capital do estado, incluindo o Instituto do Coração (Incor) e, agora, ele será expandido para outros 22 serviços de saúde, até em cidades do interior e do litoral de São Paulo.

A secretaria tem planos para que o sistema esteja em funcionamento até o final de 2014 em 57 unidades de administração direta, como hospitais, ambulatórios, farmácias e laboratórios, e em 37 unidades administradas por organizações sociais. Os pacientes também terão acesso aos seus prontuários eletrônicos pela internet, com a utilização de um login e senha.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.