Erro na Amazon promove vendas de produtos por apenas 1 libra

Por Redação | 15 de Dezembro de 2014 às 17h59

A Amazon, gigante do varejo online, apresentou um sério problema em alguns produtos que estavam sendo vendidos em seu site. De acordo com alguns usuários, certos produtos estavam disponíveis no e-commerce por pouco mais de 1 euro ou 1 libra esterlina.

O resultado do problema foi que alguns vendedores acabaram perdendo milhares de euros. O erro teve início por volta das 19 às 20 horas da última sexta-feira (12). A Amazon afirmou que não é diretamente culpada pelo problema, visto que os preços foram ajustados graças ao RepricerExpress, um software que realiza automaticamente a alteração dos valores como forma de manter alguns produtos mais baratos na internet.

Judith Blackford, uma das vendedoras afetadas pelo problema com o RepricerExpress, afirmou à Sky News que mesmo após ter realizado o pedido para cancelar as encomendas já realizadas sob o preço alterado erroneamente, a Amazon continuou a enviar os produtos aos consumidores.

“Perdi quase 25 mil euros de um dia para o outro. Pedi à Amazon para cancelar as encomendas, mas ele continua a enviá-las e a cobrar taxas horríveis. Certamente que alguém terá de ser responsabilizado. Se continuar assim, ficarei na bancarrota até ao final de janeiro”, afirmou a vendedora.

A Amazon já declarou que o problema foi resolvido, mas está analisando qual realmente teria sido o real prejuízo dos vendedores em relação ao ocorrido. A empresa também disse que está acompanhando os vendedores afetados de perto a fim de encontrar uma solução que possa amenizar os prejuízos deste último final de semana.

“Reagimos rapidamente, conseguimos cancelar a maioria das encomendas e não serão imputados custos ou taxas aos vendedores por essas encomendas canceladas. Estamos agora a rever o pequeno número de encomendas que foram processadas e iremos contactar diretamente os vendedores afetados”, declarou a companhia.

Brendan Doherty, CEO da RepricerExpress, foi a público lamentar pelo erro e pedir desculpas aos vendedores pelo problema. "Recebemos uma comunicação da Amazon que não irá penalizá-los por este erro. Estamos a trabalhar para identificar o problema e para assegurar que isso não volte a acontecer", assegurou.

Fonte: http://www.engadget.com/2014/12/15/amazon-price-glitch-1p/?ncid=rss_truncated

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.