Eric Schmidt afirma que privacidade do Google é melhor do que a da Apple

Por Redação | 03 de Outubro de 2014 às 12h10

O presidente executivo do Google, Eric Schmidt, respondeu nesta quinta-feira, 2, os comentários realizados pelo CEO da Apple, Tim Cook, referentes às políticas de privacidade adotadas pela gigante de buscas da Internet. Em entrevista à CNN, Schmidt afirmou à jornalista Christine Romans que o Google é uma empresa líder em privacidade de dados e qualquer afirmação contra isso, incluindo as declarações de Cook, não são verdadeiras.

O executivo responsável pelo Google afirmou ironicamente que "alguém não o informou corretamente sobre as políticas do Google e isso é uma pena", referindo-se às argumentações usadas por Tim Cook, mandatário da Apple. "Nós temos sido líderes em segurança e criptografia. Nossos sistemas são mais seguros e criptografados do que qualquer outro, incluindo a Apple. Eles estão aproximando, o que é ótimo".

Cook publicou no mês passado uma carta aberta no site da Apple reforçando que os dados dos usuários do iCloud estão seguros e nunca foram utilizados para serem rentabilizados. Uma parte da nota sugere que prestadores de serviços, que ele preferiu não identificar, colhem informações dos usuários para ganhos financeiros, um modelo de negócios no qual os defensores da privacidade se opõem veementemente. Parte da carta diz que "há alguns anos os usuários de serviços de Internet começaram a perceber que quando um serviço online é gratuito, você não é o cliente. Você é o produto."

Sobre a utilização de dados para fins comerciais, Schmidt tratou de dizer que as insinuações de Cook não se aplicam à sua empresa. O executivo do Google ainda salientou que o modelo de anúncios para os usuários presente no Gmail é algo que a empresa tem feito já há uma década. Ele declarou que as informações colhidas no processo de veiculação de anúncios no e-mail não é utilizado "para nada".

A entrevistadora da CNN pediu para que Schmidt opinasse sobre os recentes comentários de Julian Assange, que afirmou que o Google compartilha um modelo de negócios com a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos, obviamente fornecendo informações de interesse do governo relacionadas aos usuários da empresa. O executivo tentou desvencilhar-se, afirmando que a NSA não tem um modelo de negócios pois ela é financiada pelo governo. Ainda sobre o assunto, Schmidt garantiu que as duas instituições nunca se falaram.

A entrevista que você pode ver no vídeo abaixo ainda fala sobre a privacidade de dados em geral, a diversificação no local de trabalho e a cultura corporativa do Google.

Fonte: http://appleinsider.com/articles/14/10/02/eric-schmidt-says-google-far-more-secure-than-apple-denies-allegations-of-harvesting-data

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!