Siga o @canaltech no instagram

Eric Schmidt afirma que Google não soube prever crescimento das redes sociais

Por Redação | 02 de Janeiro de 2014 às 07h10
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Eric Schmidt, um dos principais executivos do quadro de diretores do Google, afirmou em uma curta entrevista à Bloomberg que não soube prever a ascensão das redes sociais. Ele assumiu total responsabilidade sobre o que foi considerado um erro e disse que a empresa estava focada em outros aspectos da web, o que resultou na perda do timing em serviços do tipo.

Todos os anos, a Bloomberg realiza uma série de curtas entrevistas com executivos bilionários e líderes de algumas das principais empresas do globo. A ideia é pensar em tendências para o futuro próximo e lembrar algumas das previsões feitas no passado que podem ou não ter dado certo.

Schmidt mostrou fé na evolução contínua dos celulares inteligentes. Segundo ele, 2014 é o início de uma era em que “todo mundo” terá um smartphone e estará conectado, gerando inovações em aplicações de entretenimento, educação e redes sociais, principalmente. Para ele, os telefones não estão ganhando a batalha, eles já são vencedores, com uma adoção cada vez maior pelo mercado.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Já no campo empresarial, a grande tendência para o CEO do Google é o Big Data e o trabalho com inteligência. Para ele, a tecnologia irá mudar a forma de se fazer negócios para pequenas e grandes empresas, com ferramentas criadas especificamente para auxiliar na tomada de decisão em um ambiente global.

Schmidt fala também sobre medicina, e afirma que as pesquisas genéticas são um dos campos em que ele não tem certeza do que pode acontecer. Segundo ele, a criação de bancos de dados pessoais de DNA pode trazer descobertas para a cura do câncer e outros diagnósticos, algo que será extremamente importante no futuro.

De acordo com o executivo, novos investimentos estão nos planos do Google para 2014, como a contratação de novos funcionários em todo o mundo e a prestação de novos serviços. O foco principal é a publicidade e inovação, negócios que já se mostraram bem-sucedidos mesmo quando a economia dos países está enfraquecida. A ideia é manter o crescimento que a empresa vem alcançando ano a ano.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.