Empresário de tecnologia quer a independência do Vale do Silício

Por Redação | 20.12.2013 às 13:17

Timothy Draper, um dos maiores investidores americanos em tecnologia, está prestes a enviar uma proposta inusitada para o governo dos Estados Unidos. O executivo tem uma ideia, convenientemente chamada de “Six Californias”, de dividir o estado americano em seis regiões menores, com administrações, recursos públicos e senadores próprios.

A mudança resultaria, por exemplo, em um estado dedicado apenas ao Vale do Silício, onde está localizada a maioria das empresas de tecnologia sediadas nos Estados Unidos. A proposta de Draper, que deve ser entregue em 48 horas e colocada em consulta e votação públicas, é garantir leis mais adequadas e uma melhor gestão pública para um estado tão diversificado como a Califórnia.

Se aplicados, os seis cortes horizontais no estado também garantiriam a presença de mais senadores no Congresso, políticos alinhados com o potencial de cada área e de acordo com os interesses delas. Para Draper, no documento oficial publicado pelo TechCrunch, o monopólio político não é bom e é importante garantir que as decisões tomadas pelos poderes sejam apropriadas para todos.

O site, porém, indica que a empreitada não vai ser fácil. A realização de uma eleição popular na Califórnia pode custar milhões de dólares apenas em esforços de divulgação, e ainda assim, não são garantia de sucesso. Por outro lado, o estado tem um forte histórico separatista, principalmente no que toca as empresas de tecnologia, que gostariam de pagar menos impostos e ter uma fatia maior de representação no Congresso.