Empresa israelense foca em HTML5 para criar soluções de mobilidade

Por Redação | 11 de Março de 2014 às 18h32

Apesar de já ter deixado de ser uma simples tendência para se tornar realidade dentro de cada vez mais empresas, a mobilidade continua a ser uma barreira considerável para setores de TI de companhias que buscam adotar soluções móveis como forma de expandir a produtividade de funcionários remotos.

O desenvolvimento de soluções nativas tende a ser um processo complexo, que muitas vezes esbarra em desafios de segurança, integração e disponibilidade que dificultam a instalação e manutenção dos sistemas por equipes de TI já sobrecarregadas. Nesse cenário, um número maior de empresas veem em sistemas terceirizados no modelo de SaaS (Software as a Service) uma alternativa viável para a integração de soluções de mobilidade em seus ecossistemas.

“A web móvel requer uma combinação de verdadeira compreensão da mobilidade, limitação de dados, rede, segurança, diretrizes de interface do usuário e limitações, e conhecimentos web", explica o Vice-Presidente de Mobilidade da ClickSoftware, Gil Bouhnick. "Essa combinação é necessária e muitas empresas não conseguem compreender isso".

Com soluções de gerencialmento de workforce de campo e back office voltadas para setores como telecomunicações, serviços de água, gás, energia e indústria de equipamentos, a ClickSoftware é uma das empresas que desfruta de procura crescente por esse tipo de solução.

Baseada em Israel, a empresa aposta em soluções baseadas no padrão HTML5, que são comercializadas através de modelos de nuvem ou on-premisse. Em entrevista ao Canaltech, o vice-presidente para América Latina da empresa, Udi Geismar, explica que a escolha da empresa em adotar a linguagem para suas soluções deve-se a facilidade de integrá-la a múltiplas plataformas móveis, independente de fabricante ou sistema operacional do dispositivo utilizado.

A empresa aposta que cada vez mais os funcionários passarão a utilizar seus próprios dispositivos móveis para funções profissionais, na tendência apelidada de "consumerização", e permitir que as soluções sejam desenvolvidas para o máximo de plataformas possíveis é um dos seus principais focos.

No ano passado, a empresa introduziu um novo assistente baseado em inteligência artificial apelidado de ClickButler, voltado para otimização do trabalho de colaboradores de campo. O sistema trabalha através da coleta e análise de dados, sugerindo, antecipando e executando tarefas conforme a localização e lista de prioridades do usuário. O sistema também inclui uma série de opções de segurança, como impedir o uso do dispositivo móvel enquanto o usuário dirige ou checar condições meteorológicas antes do funcionário subir em lugares altos.

Com operações nos Estados Unidos, Europa, Ásia-Pacífico e América Latina, a ClickSoftware deve voltar a atenção para oportunidades no mercado latino-americano neste ano. Uma pesquisa recente da consultoria Unisys, mostrou que 57% dos executivos entrevistados no Brasil afirmam que iniciativas de mobilidade adotadas em 2013 levaram a um aumento entre 5% a 10% nas receitas e produtividade das companhias.

De acordo com Geismar, atualmente o Brasil possui um mercado maduro na adoção de soluções de trabalho móveis e muitas empresas já pensam em contratar serviços terceirizados para gerenciamento de mão-de-obra de campo. "Eu vejo que é um mercado que entende que as melhores soluções não necessariamente são desenvolvidas em casa", afirmou.

Ao lado da Rússia, o Brasil é um dos países que a empresa tem mais se esforçado para conquistar mercado. No país, a equipe da empresa é composta principalmente por brasileiros, que tem como objetivo fornecer suporte em português e apresentar as soluções de maneira mais próxima às necessidades do mercado local. "Esse tipo de coisa mostra ao mercado que nós estamos aqui para ficar e que estamos fazendo investimentos a longo prazo aqui", explica Geismar.

Em 2013, a empresa começou a implementação de um sistema de gerenciamento de workforce e de consumidores com a operadora Oi, em Belo Horizonte, que deverá beneficiar cerca de 70 milhões de usuários da empresa no país. O projeto terá como foco a implementação de soluções mobile de campo com o objetivo de reduzir os intervalos de atendimento, custos de operação, além das distâncias percorridas por técnicos de campo através da otimização da produtividade. A empresa ainda não divulgou os resultados da operação, mas o plano de implementação deverá entrar em sua segunda no primeiro semestre deste ano.

No início do mês, a empresa confirmou a aquisição da desenvolvedora de soluções de gerenciamento de força de trabalho remota Xora, baseada na Califórnia, Estados Unidos, por US$ 14,7 milhões. De acordo com os executivos da empresa, a aquisição deve trazer mais força para a ClickSoftware com aplicações que até agora não estavam disponíveis em seu leque de serviços para pequenas e médias empresas, um setor especialmente interessante no Brasil.

A empresa divulgou os resultados financeiros de 2013, com crescimento anual de 3% em suas receitas, atingindo a marca de US$ 103,2 milhões. No fechamento do último trimestre, a companhia havia celebrado um total de 54 novos contratos no ano, o dobro em relação ao ano anterior. Para 2014 a expectativa é que haja crescimento de 11% nas receitas.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.