E-mails revelam que Steve Jobs estava em uma 'Guerra Santa' contra o Google

Por Redação | 02 de Abril de 2014 às 14h34

Devido às mais recentes brigas judiciais entre Apple e Samsung, alguns e-mails da empresa da Maçã começaram a vir à público. Um dos que mais chamaram a atenção foi um enviado por Steve Jobs aos 100 funcionários mais importantes da Apple, em 2010, com algumas metas para 2011. Entre esses planos, Jobs tratava a concorrência com o Google mais do que como uma mera rivalidade entre empresas - para ele, a Apple estava em uma "Guerra Santa" contra a empresa de Mountain View.

No e-mail, Steve Jobs afirma que a sua empresa estava correndo o risco de ficar estagnada, enquanto Google e Microsoft estavam mais avançadas na tecnologia para conectar e sincronizar contatos, fotos e vídeos por meio de serviços online. Até 2010, os dispositivos da Apple estavam presos à sincronização através do iTunes, enquanto o Android começava a ganhar terreno utilizando os serviços do Google. O serviço iCloud da Apple só viria a solucionar essa falha quando foi lançado em outubro de 2011.

E-mail de Steve Jobs declarando

Na época em que Jobs enviou o tal e-mail, ele começava a perceber que o Google, que chegou a ser parceiro da Apple, estava se tornando um competidor feroz com o lançamento do Android. Na mesma mensagem, o cofundador da Apple identificou algumas questões sobre o iOS para que os executivos encontrassem soluções. Entre as melhorias para alcançar a concorrência, Jobs citava sistemas de notificações, tethering e voz, como o Siri, que foi lançado tempos depois.

Os advogados da Samsung fizeram com que esse e-mail fosse utilizado no julgamento com o objetivo de mostrar à corte que a verdadeira briga da Apple é com o Google. Eles alegam que, por conta disso, a Samsung não deveria ser responsabilizada por possíveis quebras de patentes de softwares.

A Samsung alega que, das cinco patentes que a Apple a acusa de infringir, quatro são, na verdade, recursos independentes desenvolvidos pelo Google como parte do sistema Android. De acordo com os advogados, a Samsung acabou se tornando alvo da Apple simplesmente por ser a fabricante mais bem sucedida de smartphones Android.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.