Em relatório trimestral, HTC revela prejuízo de mais de US$ 62 milhões

Por Redação | 07.04.2014 às 15:15

O primeiro trimestre não foi muito animador para a HTC e a fabricante taiuanesa de smartphones revelou mais um trimestre de prejuízos nesta segunda-feira (07).

Embora o prejuízo já tenha sido previsto anteriormente, ele foi muito maior do que o esperado por analistas. De acordo com a Reuters, campanhas de marketing ineficazes teriam sido o ponto fraco da marca com o HTC One. O aparelho, amplamente elogiado pela mídia especializada, não teria recebido estratégias publicitárias bem estruturadas e isso teria prejudicado as vendas.

Recentemente, dados do Strategy Analytics já indicaram um posicionamento preocupante da marca no mercado global. A HTC, que já foi a terceira maior fabricante de dispositivos móveis do mundo (perdendo somente para Apple e Samsung), com mais de 10% das vendas de aparelhos globalmente, viu o último ano terminar com apenas 2% de participação no mercado.

A HTC começou 2014 com o registro de uma perda líquida de US$ 62,06 milhões registrados entre os meses de janeiro e março. Segundo um comunicado enviado pela empresa nesta segunda-feira, a receita da fabricante caiu assustadores 22,6%, chegando a T$33,12 bilhões (pouco mais de US$ 1 bilhão). A ações da HTC também caíram 38% em relação ao ano passado.

Ao mesmo tempo, a HTC quebrou um ciclo de 28 meses de decadência com um aumento de 2,16% nas vendas em março. A empresa espera retomar o lucro no segundo trimestre, com altas expectativas no recém-lançado HTC One (M8).