Siga o @canaltech no instagram

Em poucos anos, China será a maior fonte de receitas da Apple, afirma Tim Cook

Por Redação | 24 de Outubro de 2014 às 09h18
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

Em uma viagem para China, Tim Cook, CEO da Apple, afirmou que "é apenas uma questão de tempo para que a China se torne a maior fonte de receitas da Apple no mundo". As palavras de Cook repercutiram publicamente por meio da mídia chinesa e principalmente pelo Sina Corporation na internet.

Cook observou que os clientes chineses estão sendo mais lentos em adotar os produtos mais populares da empresa americana, como o iPhone e o iPad, mas isso parece que está mudando. O diretor financeiro da Apple, Luca Maestri, disse no início deste mês que a demanda de produtos da empresa no país foi bem acima do normal.

Recentemente, no dia 17 de outubro, a Apple lançou o iPhone 6 e 6 Plus no país, agitando ainda mais um dos maiores mercados consumidores do mundo. A China, incluindo Taiwan e a região administrativa Hong Kong, contribuíram com cerca de 14% das receitas da empresa no trimestre mais recente.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Esta não é a primeira vez que o presidente executivo diz que a China será um dos maiores mercados para a Apple. Em janeiro de 2013, Cook também depositou confiança em afirmar que o país será a maior finte de renda da empresa fora dos Estados Unidos.

Ainda durante a viagem, Cook visitou uma das fábricas da Foxconn e se reuniu com o vice-primeiro-ministro chinês, Ma Kai, para discutir como a empresa pretende aumentar a segurança em torno de dados do usuário.

A primeira loja da Apple na China foi inaugurada no ano de 2008, mas Tim Cook prometeu que a empresa abrirá mais 25 lojas nos próximos dois anos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.