Em parceria com a Samsung, Google Play Music chega ao Brasil

Por Redação | 22.09.2014 às 14:40 - atualizado em 22.09.2014 às 16:59

O Google Play Music finalmente chega ao Brasil nesta segunda-feira (22) com um catálogo de 25 milhões de músicas, oferecendo ao cliente a possibilidade de ouvir músicas offline, além de acessar canais de rádio e listas de reprodução personalizadas. O serviço de streaming de músicas do Google desembarca no país com uma parceria com a sul-coreana Samsung, sendo os compradores de novos dispositivos da empresa os primeiros a utilizar o Play Music. Além disso, quem comprar um dos aparelhos selecionados da Samsung ganhará seis meses de acesso grátis ao serviço.

Os aparelhos que são selecionados para oferecerem o serviço gratuito por 180 dias são: Galaxy S4, qualquer aparelho da linha Galaxy S5 ou o Galaxy Tab S. No início de novembro, clientes que já possuem aparelhos da Samsung também serão beneficiados pela parceria com o Google. Estes usuários poderão usar o serviço gratuitamente por três meses.

Segundo uma pesquisa realizada pela Samsung, 96% dos donos de smartphones utilizam seu aparelho para ouvir músicas. Portanto, é bem apropriado que o Google Play Music chegue ao ecossistema da empresa. Vale lembrar que a Samsung lançou recentemente seu próprio serviço de streaming de música, o Milk. No entanto, o serviço não tem data para chegar ao Brasil.

O diretor de parcerias musicais do Google Play, Ady Harley, disse em um anúncio para a imprensa que o serviço deverá estar disponível para todos os usuários Android. "Ainda não temos uma data, nem preço da assinatura, mas ele deve chegar a todos os usuários até o final do ano", declarou.

Atualmente há uma enorme concorrência no setor de streaming de músicas no Brasil. Rdio, Deezer e Spotify são fortes concorrentes para o Google Play Music. O trio já conta com certa popularidade entre os usuários que gostam de ter milhões de músicas acessíveis por meio de um serviço de streaming.

Google Play Music

Armazenamento de músicas

O serviço do Google oferece algumas outras funcionalidades que podem ajudá-lo a sair à frente das concorrentes. Ele permite que o usuário, após o pagamento da assinatura, possa armazenar suas próprias músicas. Se você possui uma música que não está presente no catálogo do serviço, poderá enviar o arquivo para a nuvem e ter acesso a ela da mesma maneira que faz com as outras músicas via streaming. Esta é uma funcionalidade bastante interessante, visto que diversos serviços do gênero carecem de algumas músicas não muito populares.

Há espaço de sobra para que o usuário possa armazenar suas próprias canções. Cada cliente poderá inserir 20 mil músicas, independente do tamanho do arquivo. O Play Music ainda é capaz de conhecer músicas e listas do iTunes.

Outro recurso interessante é que o serviço aprende o gosto do usuário. A integração com a conta do Google permite que o Play Music avalie não apenas as músicas tocadas no serviço, mas também vídeos executados no YouTube.

De acordo com Harley, o trabalho para lançar o serviço no Brasil acontece desde novembro de 2012. "Precisamos de tempo para garantir que a oferta de música local estivesse à altura da música brasileira", afirmou.

Ele ainda declarou que os preços devem ser os mesmos praticados no mercado: R$ 20 por álbum e R$ 2 por música. O Google não revelou as porcentagens de repasse das faixas vendidas para os artistas e suas gravadoras. No entanto, oferece a oportunidade de artistas anônimos incluírem suas canções no Play Music por meio da ferramenta Artist Hub. Nesta caso, a empresa fica com 30% do que é vendido e com US$ 25 cobrados uma única vez referentes à página do artista.

Ao todo, 45 países contam com a versão do Google Play Music em seus territórios. Brasil e Uruguai são os mais novos integrantes da lista. Os usuários também poderão acessar o serviço por meio do navegador do computador.

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/servico-de-streaming-de-musicas-do-google-chega-ao-brasilhttp://tecnologia.ig.com.br/2014-09-22/em-parceria-com-a-samsung-servico-de-streaming-google-play-musica-chega-ao-pais.html