Em carta aberta, acionista sugere aceleração da recompra de ações à Apple

Por Redação | 10 de Outubro de 2014 às 11h24

O bilionário e investidor da Apple, Carl Icahn, sabe que a Maçã tem muito dinheiro em caixa e um grande potencial para gerar receita nos próximos anos. Desejando que a empresa espalhe essa riqueza com investidores, ele escreveu uma carta aberta ao CEO da Apple, Tim Cook, na quinta-feira (09).

Na carta, Icahn pede que a Apple acelere seu programa de recompra de ações, pois, segundo a análise do investidor, ela está “dramaticamente subvalorizada”. As informações são do site Macworld.

Segundo o empresário, a Apple poderia aproveitar os atuais preços baixos das suas ações para comprar as ações de volta. Com tal movimento, a Apple poderia permitir que os investidores que mantiverem as ações tenham grandes lucros quando o mercado decidir que o valor da empresa é muito maior do que é estipulado atualmente.

Icahn, que possui 53 milhões de ações da Apple, afirmou que “quanto mais ações compradas agora, mais vai se beneficiar cada acionista com esse crescimento das ações”.

Mas por que essa carta aberta é relevante? Por que a Apple realmente se interessa pelo que é dito por Icahn. Anteriormente, ele havia encorajado a empresa a comprar suas ações de volta quando foi revelada sua participação na empresa em agosto. Na época, após o pedido de Icahn, a Apple comprou de volta o equivalente a US$ 14 bilhões em ações.

Além da sugestão, o executivo ainda apontou o que gostaria que a Apple fizesse para os próximos anos. Ele deseja que a empresa invista em TVs 4K em 2016 e ainda estima alguns números de vendas: 12 milhões de aparelhos de 55 polegadas e 65 polegadas vendidos ao final do ano fiscal de 2016 e mais 25 milhões em 2017. A Apple pode optar por não entrar no negócio de TVs, mas, para Icahn, o setor “representa uma grande oportunidade” para a empresa. Outra sugestão foi o lançamento de um iPad maior e que ele venha com mouse e teclado (como o Surface da Microsoft).

Ainda na carta, Icahn ressalta que não possui críticas à gestão de Tim Cook. “Para ser totalmente clara, esta carta de forma alguma pretende ser uma crítica a você como CEO, nem se destina a ser crítica de qualquer coisa que você ou sua equipe estão fazendo do ponto de vista operacional na Apple”, escreveu. “Muito pelo contrário, não poderia ser mais favorável a você e sua equipe e do excelente trabalho que está sendo feito na Apple, uma empresa que continua a mudar o mundo através da inovação tecnológica”, encerrou.

A Apple respondeu a carta por meio de um comunicado geral. “Sempre gostamos de ouvir opiniões dos nossos acionistas. Desde 2013, executamos de forma agressiva o maior programa de retorno de capital da história corporativa. Como falamos antes, vamos revisar o programa a cada ano e levar em conta as sugestões de todos os acionistas”.

Fonte: http://www.macworld.com/article/2824177/billionaire-investor-carl-icahn-urges-tim-cook-to-buy-back-apple-shares-make-tvs.html#tk.rss_all

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.