Ello consegue mais US$ 5 milhões em nova rodada de investimentos

Por Redação | 02.04.2015 às 12:10

A Ello, rede social livre de anúncios que foi lançada em março do ano passado, conseguiu levantar US$ 5 milhões em uma nova rodada de investimentos, segundo informações da manhã desta quinta-feira (02). Com a quantia, a startup consegue acumular um total de US$ 11 milhões nos últimos seis meses, algo significativo para um negócio que tem como principal diferencial a extinção de anúncios em seu site.

Esta característica não colabora para a monetização do serviço, no entanto ajuda na conquista de novos usuários. A rede social ganhou popularidade em setembro do ano passado, comportando-se como uma espécie de anti-Facebook. Até o início de outubro, a Ello mantinha um ritmo de 50 mil inscrições por hora, batendo a marca de mais de 1 milhão de usuários registrados e 3 milhões na lista de espera até o final do mês. Até o momento, os interessados em ter uma conta na rede social precisam receber um convite para serem aceitos.

A popularidade do serviço diminuiu, mas segundo o CEO da empresa, Paul Budnitz, o crescimento continua forte o suficiente para realizar uma nova rodada de financiamento. "Nós demos uma olhada em nosso plano e queremos desenvolver mais rápido", afirmou.

A rede social também realizou uma mudança na aparência do serviço. As fotos ganharam maior destaque, além da implementação de novos recursos como mensagens privadas e grupos privados. A empresa também está preparando um aplicativo móvel, que deverá ser lançado para Android e iOS ainda este ano.

Ello aplicativo

Assim como prometido, nem o novo site e nem o aplicativo terão anúncios de qualquer tipo e a empresa deve continuar sendo um negócio que não lucra com publicidade ou venda dos dados de seus clientes. Em vez disso, a rede pretende se monetizar através da oferta de recursos premium, como a capacidade de obter uma multi-conta ou inverter o esquema de cores do site.

Os investidores da Ello parecem não estar preocupados com o modelo freemium, em parte porque acreditam no modelo de negócios de Budnitz. "Há um monte de Steve Jobs lá", afirma Mark Solon da TechStars. "Ele é brilhante e do tipo bem louco. E pessoas como Paul são loucas o suficiente para mudarem o mundo", disse o executivo.

Via Business Insider

Fonte: http://www.businessinsider.com/ello-raises-5-million-2015-4