Eddy Cue vende parte de suas ações da Apple, levantando US$ 8,8 milhões

Por Redação | 05.12.2012 às 12:19

O vice-presidente sênior de softwares e serviços de Internet da Apple, Eddy Cue, decidiu vender 15 mil ações da empresa da maçã por cerca de US$ 8,8 milhões (algo em torno de R$ 16 milhões). De acordo com um documento arquivado ontem (04) pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, cada ação foi vendida por cerca de US$ 583,99.

Mas existe um motivo para a venda dessas ações acontecer agora, no final de 2012. Segundo informações do MacRumors, ao vender agora, ao invés de esperar 2013, os vendedores podem reduzir sua carga tributária. Além disso, todos os altos executivos estão na fila para receber prêmios em ações substanciais, se continuarem a trabalhar na empresa.

As ações vendidas por Cue fazem parte das 100 mil unidades de ações restritas que ele recebeu em setembro de 2011, como um bônus de sua promoção à vice-presidência. Como parte das responsabilidades do novo cargo, o executivo assumiu a supervisão do iTunes, iCloud, iAd e iBookStore. Em novembro, com toda a confusão causada pela saída de Scott Forstall da Apple, ele também ganhou a responsabilidade sobre o assistente de voz do iPhone, Siri, assim como o problemático serviço de mapeamento do iOS.