Atual CEO da Zynga tentou comprá-la enquanto trabalhava na Microsoft

Por Redação | 17.07.2013 às 10:35

Don Mattrick, ex-presidente da divisão de Entretenimento Interativo da Microsoft, deixou a companhia para assumir o cargo de CEO da Zynga no início deste mês, mas na verdade ele sugeriu a compra da empresa de games quando ainda trabalhava na gigante do software.

Fontes familiarizadas com o assunto disseram à Bloomberg que em meados de 2010 Mattrick negociou a compra da Zynga – ou pelo menos de alguns produtos da empresa, como o famoso FarmVille. A ideia era reforçar a programação do Xbox, onde o executivo centrava seus esforços, com jogos sociais que depois de algum tempo "vitimaram" milhões de usuários no Facebook.

As fontes pediram à redação da Bloomberg para permanecerem anônimas, pois na época as negociações eram privadas e acabaram sendo deixadas de lado. Agora, Mattrick deve enfrentar alguns desafios na Zynga – como uma maneira de levantar novamente uma empresa que já foi considerada cool e agora perdeu seus momentos de glória.

Saiba mais: Chefe da divisão Xbox deixa Microsoft e é nomeado novo CEO da Zynga