Três quartos dos funcionários do Yahoo se recusam a usar e-mail da empresa

Por Redação | 03 de Dezembro de 2013 às 06h10

Não faz muito tempo que o Yahoo anunciou uma mudança brusca no visual de um dos seus principais serviços, o Yahoo! Mail. A mudança, no entanto, desagradou boa parte dos usuários que, além de achar que a nova caixa de entrada ficou parecida demais com a do Gmail, do Google, sofreram com uma série de falhas e problemas que antes não existiam. O descontentamento, no entanto, parece ter sido ainda maior entre os funcionários da empresa. Pelo menos é o que diz um comunicado interno da empresa que vazou na última segunda-feira (25).

Nele, o vice-presidente de produtos de comunicações do Yahoo, Jeff Bonforte, e o CIO da empresa, Randy Roumillat, demonstram seu descontentamento com o fato de 75% dos seus funcionários não utilizarem o Yahoo Mail como seu principal serviço de e-mail profissional.

"No início desse ano nós pedimos a vocês que mudassem suas contas de e-mail profissionais para o Yahoo Mail e somente 25% de vocês nos atenderam (obrigado). Porém, mesmo que fôssemos super generosos, fica claro que falhamos na nossa tentativa de fazê-los mudar para o Yahoo Mail", diz um trecho do documento.

O documento evidencia aquele que pode ter sido o principal fator de fracasso da nova interface do Yahoo Mail e os motivos para ela ter chegado repleta de falhas aos usuários: a falta de união e comunicação entre os funcionários da empresa. Mesmo assim, os executivos conseguiram puxar as orelhas dos funcionários de uma forma cômica, quase hilária.

Ao que tudo indica, a empresa não está conseguindo fazer com que seus funcionários se desfaçam do Outlook para testar os novos recursos do Yahoo Mail. "Nesse momento o Outlook é familiar à maioria de nós, mas isso também pode nos confundir e levar a acreditar que é uma questão de produtividade, ou que o produto é bem feito. É claro que devemos admirá-lo por sobreviver por tanto tempo, principalmente se lembrarmos que ele vem da era dos já defuntos computadores dos anos 1990", ironiza o documento.

A lista de motivos para encorajar os funcionários a mudarem de cliente é vasta e inclui, inclusive, um novo recurso de sugestões inteligentes que ainda está para ser lançado.

"Estivemos testando esse novo recurso com pessoas de dentro e de fora da companhia e as reações tem sido animadoras. (...) Você pode fazer parte disso. Queremos você a bordo, marinheiro!", diz o documento em tom encorajador.

Se você estiver a fim de dar umas boas gargalhadas ou simplesmente quiser ler o comunicado interno na integra, ele está disponível aqui (em inglês). Cômico e, ao mesmo tempo, trágico.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.