Apps iOS poderão contar com anúncios em vídeo em tela cheia

Por Redação | 10 de Março de 2014 às 16h43

A Apple está procurando formas de aumentar sua receita em anúncios feitos dentro de apps do seu ecossistema de dispositivos. Para isso, a empresa está pensando em incorporar anúncios em vídeos em tela cheia que serão reproduzidos automaticamente, sem nenhuma ação do usuário.

Segundo fontes ligadas à empresa, os anúncios serão oferecidos pelo sistema iAds e serão intersticiais, ou seja, poderão interromper qualquer atividade que esteja sendo executada dentro de um aplicativo. Muito provavelmente, os vídeos começarão em momentos de transição - entre telas ou ao completar uma fase de um game.

Os rumores não informaram nada a respeito do sistema de venda do novo iAds, tampouco comentaram sobre os preços. Essa iniciativa pode ser uma tentativa de reavivar os interesses dos anunciantes no iAds, lançado em 2010 como um produto de destaque da marca, mas que nunca deslanchou.

A Apple não divulga seus lucros com anúncios, mas também não estipula metas de valores para esse mercado. Embora seja uma gigante de hardware e software, sua vida no mercado de anúncios é curta, principalmente se comparada a outras grandes empresas como o Google. Segundo a empresa de pesquisa de mercado IDC, a Maçã arrecadou US$ 125 milhões em anúncios em 2012, quase a metade do que o Google arrecadou nos primeiros meses após o lançamento do iAds.

Apesar dos passos lentos, a Apple se mostrou eficaz em convencer grandes empresas a injetarem dinheiro com anúncios. No ano passado, algumas empresas investiram até US$ 10 milhões em patrocínio ao iTunes Radio.

Procurada para comentar o rumor, a Apple preferiu não confirmar as informações.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.