Direitos autorais: cresce o número de pedidos de remoção de conteúdo do Google

Por Redação | 17 de Dezembro de 2012 às 17h25

Em meados de maio de 2012, o Google incorporou ao seu Relatório de Transparência uma página onde divulga o número de pedidos que a empresa recebe dos proprietários dos direitos autorais (e das organizações que os representam) para remover os resultados de pesquisa do Google que supostamente possuem um conteúdo que viola esses direitos.

Os números são bem impressionantes. Apenas no mês passado, exatamente 12.512.094 URLs receberam solicitações de remoção. O número de reclamações de direitos autorais aumentou drasticamente depois que o Google passou a divulgar esses números em sua página. Para ter uma ideia, em 2009 houve um total de 250 mil reclamações durante o ano inteiro.

Relatório de Transparência do Google

A página de transparência permite ainda que qualquer usuário interessado faça o download de uma lista dos domínios que tiveram links removidos devido à violação de direitos autorais, e os dados são atualizados diariamente. Como era de se esperar, entre os domínios mais afetados estão sites como o Pirate Bay, ExatraTorrent, File Tube, 4Shared, e outros que se encaixam no segmento de torrents e download de arquivos. Cerca de 97,5% das solicitações de remoção são consideradas legítimas e acabam fora dos resultados do motor.

Além dos pedidos referentes à infração de direitos autorais, o relatório de transparência do Google também traz todos os dados referentes às solicitações de órgãos governamentais e de tribunais de todo o mundo para remover conteúdo dos resultados das buscas e demais serviços da companhia.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.