Dell cutuca HP após anuncio de separação da companhia em duas

Por Redação | 08.10.2014 às 11:12

A Dell aproveitou o dia em que a HP confirmou que se dividiria em duas companhias distintas para dar uma “cutucada” na concorrente, dando o troco no que no passado foi a HP cutucando a Dell.

Michael Dell, CEO e fundador da empresa, divulgou um vídeo reafirmando compromissos com os clientes. “Gostaríamos que os parceiros e clientes saibam que nunca estivemos tão determinados. Nossos negócios, de fim a fim, estão fortes e passando por um bom momento. Hoje somos a empresa de integração de TI de crescimento mais acelerado do mundo”.

O executivo ainda lembrou o fechamento de capital que aconteceu no final de 2013 e causou uma troca de farpas entre as duas empresas. Na época, a HP aproveitou o mau momento vivido pela Dell para divulgar na imprensa uma nota onde afirmava que acreditava “que os clientes da Dell estarão dispostos a buscar novas alternativas e a HP está atenta a esta oportunidade”.

No texto, a HP ainda afirmava que a Dell iria passar por “um grande período de transição e incertezas que não será bom para os consumidores”.

Após ser tão explicitamente questionada pela HP, a Dell não deixou barato e, no vídeo, Dell aproveitou para dar indiretas ao momento da rival. “Estamos plenamente comprometidos com todos os nossos negócios, agora e no longo prazo”, afirmou ele antes de completar dizendo que, como uma empresa de capital privado, a Dell se tornou “mais estável para percorrer os rumos que segue a indústria”.

Para finalizar, o CEO ainda concluiu falando do portfólio de produtos e serviços da empresa. “Temos o melhor portfólio de hardware, software, soluções e serviços que foram desenhados para trabalharem juntos na entrega de uma solução fim a fim”.

O “momento” da HP veio com o anúncio nesta segunda-feira (06) de que a empresa iria dividir suas operações em duas companhias, uma voltada para PCs e impressoras, chamada HP Inc., e outra para negócios corporativos, chamada Enterprise.

As duas companhias estarão presentes separadamente na Bolsa e os atuais acionistas irão receber ações de ambas as empresas. O processo de separação deve ser concluído em outubro de 2015.

Fonte: http://computerworld.com.br/negocios/2014/10/07/dell-cutuca-hp/