Criador do Google+, Vic Gundotra anuncia sua saída do Google

Por Redação | 24 de Abril de 2014 às 16h35

O criador do Google+, Vic Gundotra, deixou a companhia nesta quinta-feira (24). O anúncio, que pegou a todos de surpresa, foi noticiado pelo Re/Code e confirmado pelo presidente do Google, Larry Page, além do próprio Gundotra em seu perfil oficial no Google+.

As razões que levaram o ex-vice-presidente sênior da rede social a deixar o comando ainda não foram reveladas e nem mesmo seu destino. O executivo disse apenas que é hora de "olhar para a frente, para a jornada que ainda está por vir".

Gundotra é um dos nomes mais relevantes da companhia nos últimos anos. Ele chegou ao Google em 2007, depois de 15 anos na Microsoft, e logo se tornou uma pessoa acessível na conferência para desenvolvedores Google I/O.

Em seguida, aproximou as equipes de desenvolvimento para dispositivos móveis e foi o grande responsável pela abrangência na criação de aplicativos para os tablets e smartphones.

Sua grande conquista na empresa foi tornar o então fracassado Google Buzz, que nasceu para rivalizar com o Facebook e o Twitter, no hoje bem estabelecido Google+. Sua visão em criar círculos, definir melhor a privacidade e compartilhamento de conteúdo e aprimorar ferramentas como os Hangouts fizeram a rede social experimentar crescente sucesso e atingir mais de 300 milhões de usuários ativos.

Se por um lado não se sabe qual será o destino de Gundotra, já começam as especulações sobre quem será seu substituto, já que o Google segue apostando bastante em sua rede social. Fontes ligadas à companhia cogitam o chefe de produtos Bradley Horowitz e o vice-presidente de engenharia David Besbris.

Larry Page fez questão de exaltar o trabalho de Gundotra: "Vic construiu o Google+ do nada. Apenas algumas pessoas têm coragem e habilidade para começar alguma coisa como aquela e estou muito grato por todo seu árduo e apaixonado trabalho".

vic 2

Gundotra aproveitou a sua página na rede social que tanto se esforçou para criar e manter para comunicar sua decisão em deixar a empresa. Confira-o traduzido, na íntegra, abaixo:

"No mês passado, o tio de minha esposa morreu em um trágico acidente em Los Angeles, quando usava uma bicicleta para pegar o almoço e foi atingido por um caminhão. No funeral, sua filha contou uma história muito comovente.

Ela disse que seu pai (que era o seu melhor amigo) a chamava todos os dias para conversar. Mas, em vez de abrir a conversa com o habitual 'Como você está?' ou 'O que está acontecendo?', ele sempre abriu a conversa com 'E depois?'. Seu pai enxergava cada conversa como uma continuação do passado e o que mais doía para ela é que não haveria mais 'E depois?'. Eu chorei.

Desde então tenho pensado muito sobre como isso é semelhante aos esforços da nossa vida. Nós derramamos nosso coração e alma em nosso trabalho, o que torna algo para se amar e cuidar. Porém, até mesmo os desafios que trabalhamos hoje um dia irão se tornar 'E depois?' à medida que avançamos para os próximos.

Hoje eu estou anunciando minha saída do Google depois de quase oito anos.

Tenho tido uma sorte incrível por trabalhar com as pessoas incríveis no Google. Eu não acredito que há um grupo de pessoas mais talentoso e apaixonado em qualquer outro lugar e eu fico impressionado quando penso sobre a liderança de Larry Page e o que ele me confiou para fazer enquanto estava no Google. Começando pelo Google I/O, passando para todas as aplicações móveis, em seguida para a criação de Google+. Nada disso teria acontecido sem o incentivo e apoio de Larry.

Também estou sempre em débito com a equipe do Google+. Esse é um grupo de pessoas que construíram a rede social contra o ceticismo de muitos. O crescimento de usuários ativos é surpreendente e traduz o trabalho dessa equipe. Mas somente isso não traduz que tipo de pessoas eles são. Eles são sonhadores invencíveis, eu os amo e sentirei muita falta deles.

Finalmente, agradeço a todos aqueles que eu conheci no Google+. A comunidade tem sido tão favorável que eu nem sei como agradecer. Vocês todos fazem o Google+. Sem vocês, essa rede social não existiria. Seu apoio para o Google+ e para mim, pessoalmente, é algo que eu nunca esquecerei.

Mas, agora é a hora de uma nova jornada. Uma continuação. Um 'E depois?'. Estou animado com o que virá em seguida. Mas este não é o dia para falar sobre isso. Este é um dia para celebrar os últimos oito anos. Para chorar. E sorrir. E olhar para a frente para a jornada que ainda está por vir.

E depois..."

Fonte: http://recode.net/2014/04/24/exclusive-google-head-vic-gundotra-leaving-company/

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.