Criação do Apple Watch tem uma grande diferença em relação ao iPhone, diz Ive

Por Redação | 06.03.2015 às 17:30

O iPhone talvez seja o aparelho mais revolucionário na história recente da tecnologia mundial. E, para muitos, a Apple deve mudar novamente a indústria com a vinda do relógio inteligente Apple Watch, previsto para chegar às prateleiras no próximo mês. A criação de ambos os dispositivos, porém, tem um conceito bastante diferente, de acordo com Jony Ive, vice-presidente sênior da companhia. As informações são do Business Insider.

"Foi diferente com o telefone. Todos nós que trabalhamos no iPhone éramos guiados pelo absoluto desprezo pelos telefones celulares que as pessoas estavam usando naquele momento. Não é este o caso. Somos um grupo de pessoas que ama nossos relógios. Estamos trabalhando em algo pelo qual temos grande respeito ao que existe atualmente", disse o executivo ao Financial Times.

Esses relógios a que Ive se refere não são os atuais smartwatches disponíveis no mercado, como os da Samsung, Motorola e outros, e sim aqueles convencionais, analógicos. Para o CEO da Apple, Tim Cook, o Apple Watch será para os relógios inteligentes o que o iPad foi para os tablets e o iPod foi para os tocadores de MP3.

Cook afirmou que, antes do iPod, os tocadores de MP3 eram muito difíceis de serem usados e a Apple vê os atuais smartwatches da mesma forma. Neste sentido, a companhia segue sua tradição de transformar a experiência dos usuários com a tecnologia em algo mais pessoal.

"Acho que o que preocupava Steve (Jobs) nos anos 1970 era transformar o inalcançável poder do computador para o nível pessoal. E quando ele voltou para a Apple em 1996, a primeira coisa em que trabalhamos juntos foi o iMac, que era um computador pessoal para o consumidor. Então, acho que a contribuição da Apple sempre foi mais significativa quando estávamos tentando fazer produtos de uso pessoal. E este relógio é claramente o produto 'mais pessoal' que já fizemos", analisa Ive.

Ao que tudo indica, a Apple está se distanciando de um relógio computadorizado em direção a algo mais ligado ao luxo, a um objeto de desejo. Mais detalhes devem ser revelados na próxima segunda-feira (09), durante evento da companhia.

Fonte: http://www.businessinsider.com/apple-watch-vs-iphone-2015-3