Conhece o Apple Pay? 85% dos usuários de iPhone 6 nos EUA também não

Por Redação | 20.03.2015 às 13:25
photo_camera Divulgação

Uma pesquisa realizada pela empresa InfoScout apontou que a adoção do sistema de pagamentos móveis via NFC da Apple está crescendo "muito lentamente". De acordo com os resultados, apenas 6% dos donos de iPhone 6 e 6 Plus nos Estados Unidos têm usado o Apple Pay. As estatísticas foram baseadas em uma pesquisa de três dias que envolveu 1.188 participantes.

Enquanto 85% dos usuários dos novos smartphones da Maçã sequer pensaram em utilizar o serviço, outros 9% disseram que já se cadastraram para usar o Apple Pay, mas na hora da compra esqueceram como utilizar a ferramenta ou então não sabiam os locais onde essa forma de pagamento era aceita.

Entre dificuldades de uso e falta de informação, é preciso admitir também que a limitação de hardware dificulta o crescimento do Apple Pay. Não é preciso ter apenas consumidores que gostem do Apple Pay, é preciso ter também consumidores que possuam um iPhone 6. É preciso ter um consumidor com o dispositivo específico, e um comerciante com outro hardware específico.

Talvez mais importante do que a disponibilidade de hardware seja a lealdade do cliente. O estudo apontou que 30% dos entrevistados que já utilizaram o Apple Pay basearam as suas escolhas de compra em lojas que ofereciam suporte ao serviço. Isso quer dizer que se o número de consumidores que procuram ativamente locais com disponibilidade para o Apple Pay crescer, a quantidade de varejistas parceiros também irá crescer, uma vez que se sentirão pressionados para estar por dentro das últimas tendências.

Lentamente a Apple está aumentando a lista de comerciantes que suportam o Apple Pay e recentemente adicionou 14 novos parceiros. Além disso, o número de instituições financeiras que participam do serviço de pagamento móvel também está cada vez maior. Nesta semana, a empresa acrescentou 39 bancos e cooperativas de crédito, elevando o total para quase 150 parceiros nos Estados Unidos, enquanto outros 700 aguardam autorização.

Enquanto isso, notícias recentes apontam que bancos brasileiros, como Bradesco e Itaú, estão em negociação para trazer o Apple Pay para o país. Com a alta demanda nos Estados Unidos, a chegada do serviço pode demorar um pouco, mas alguns fatores facilitam a entrada do Apple Pay no Brasil, entre eles o fato de que os iPhones 6 e 6 Plus chegaram em novembro por aqui.

Via VentureBeat