Conheça os "piores" produtos feitos pela Apple

Por Redação | 09.12.2014 às 15:01

Hoje em dia, se você citar o nome da Apple em uma conversa, é bem provável que a empresa seja sinônimo de sucesso e de produtos bem feitos. É lógico que a companhia não é uma unanimidade, já que não consegue agradar a todos, mas não há como negar o alto patamar alcançado por ela nos últimos anos. Com o lançamento de celulares inteligentes e outros aparelhos, a Maçã é uma das ditadoras de tendências do mundo atual.

Acontece que a situação nem sempre foi essa. Para chegar a um ritmo de excelência invejado por grande parte dos seus concorrentes, a Apple precisou desenvolver uma série de produtos que não foi bem aceita pelo público e recebeu aquele indesejável selo de fracasso. Contudo, é importante ressaltar que erros fazem parte do aprendizado e esses aparelhos fazem parte da história de sucesso da Maçã.

Sendo assim, o pessoal do site Business Insider montou uma lista com as 12 piores criações da Maçã, seleção que envolve de computadores a consoles. Você está preparado? Então, continue lendo este artigo!

1. Falta de qualidade

apple fail

Se você era um fã do iPod e gostava de levá-lo para atacar de DJ nas festas, talvez tenha ouvido falar do iPod Hi-Fi. Em uma explicação simples, ele era um alto-falante sem fio e com um design que seguia o estilo da Apple na época. O problema é que a qualidade som era bem inferior àquela fornecida pelos concorrentes, fazendo com que os donos de iPods escolhessem os produtos fabricados por terceiros.

2. Desconforto em foco

apple fail

Assim como você pode conferir na imagem acima, o mouse oferecido com o primeiro iMac era excessivamente achatado. Com isso, a ergonomia ficou severamente prejudicada, levando desconforto e dor aos usuários. Por este motivo, a Maçã teve de repensar todo o design do seu periférico.

3. Um belo trambolhão

apple fail

Em 1993, a Apple tentou inovar com a Macintosh TV. O problema, além do fato do produto ser enorme e bastante feio, é que a televisão não funcionava em integração com os computadores da empresa. No fim das contas, o pessoal não viu muita utilidade para o aparelho e ele acabou vendendo apenas dez mil unidades.

4. Chegando aos jogos

apple fail

Você sabia que a Apple tentou entrar no segmento de video games? Pois é, ela fez isso com o console chamado Pippin, produzido pela Bandai e lançado em 1996. Acontece que o mercado já contava com grandes nomes de peso e a novidade vendeu menos de 50 mil unidades, sobrevivendo apenas um ano nas prateleiras das lojas.

5. Feio, feio mesmo

apple fail

A empresa da Maçã tentou dar continuidade ao sucesso do computador Apple II com o Apple III. Contudo, o design não era dos melhores e acabou não fazendo sucesso entre os compradores, tanto que a companhia realizou um recall das primeiras 14 mil unidades vendidas.

6. Era uma boa ideia...

apple fail

O Newton PDA foi feito para ser um produto de peso da Apple, inaugurando de fato o mercado de computadores de mão no mundo inteiro. O problema é que ele não era capaz de suportar muitas funções e o reconhecimento de escrita falhava muito, fazendo com que os usuários desistissem do aparelho. Mesmo assim, o dispositivo foi produzido por 11 anos.

7. Queimando a largada

apple fail

A Apple tentou ser uma das primeiras companhias a dominar o mercado de câmeras digitais com a QuickTake, em 1994. Contudo, de acordo com o que foi divulgado, a empresa entrou cedo demais nesse segmento, gerando poucas vendas. Assim, três anos depois, a câmera da Maçã saiu de linha.

8. Preço alto demais

apple fail

Novamente com o objetivo de inovar, em 1989, a Apple lançou o Macintosh Portable, o primeiro notebook da companhia. O maior problema do aparelho foi o seu preço – ele custava US$ 7,3 mil, um preço considerado altíssimo e que foi responsável por afastar os consumidores. Além disso, também havia problemas no tempo de vida da bateria e com a qualidade de tela.

9. Era quente demais

apple fail

O ano 2000 recebeu o computador acima, produto com um design bastante agradável e chamado de Power Mac G4 Cube. Apesar da qualidade visual, dois defeitos acabaram com todo o projeto. O primeiro era o alto preço – US$ 1.799. Em segundo lugar, um defeito de produção causava superaquecimento, levando a diversos problemas secundários. Um ano depois, a iniciativa foi abandonada.

10. Atenção à velocidade

apple fail

O ROKR E1 foi um celular resultante de uma parceria entre a Motorola e a Apple, sendo o primeiro a suportar o iTunes, assim como teve a tutela de Steve Jobs. No entanto, a memória não suportava muitos arquivos e a velocidade de transferência de dados era realmente baixa. Com isso, não houve público e a parceria entre as empresas foi abandonada um ano depois do lançamento do aparelho.

11. Uma questão de moda

apple fail

Você se lembra da moda que consistia em guardar os celulares em pequenas meias engraçadinhas? Então, a Apple embarcou nessa ideia. De 2004 até 2012, a Apple Store ofereceu meias da Maçã para armazenar o seu iPod. A investida não foi um grande fracasso, mas não há muita gente que se rendeu à ideia de embrulhar o próprio aparelho.

12. Problema de aceitação, mesmo

apple fail

Quando lançou o primeiro modelo do iPhone, a Apple aproveitou para oferecer aos seus clientes um headset que se comunicava com o smartphone por Bluetooth. O problema foi simples: o público não aceitou o produto tão bem assim e a companhia considerou as vendas baixas. Com isso, a partir de 2009, a Maçã vende apenas produtos deste gênero feitos por terceiros.