Os executivos mais cotados para substituir Steve Ballmer na Microsoft

Por Joyce Macedo | 26.08.2013 às 15:23

Steve Ballmer, atual CEO da Microsoft, anunciou na última semana que irá se aposentar dentro dos próximos 12 meses, e sua saída depende apenas da escolha de um substituto para o cargo. Mas quem irá ocupar a cadeira de Ballmer?

Apesar de a empresa de Redmond não ter se manifestado oficialmente sobre os possíveis candidatos, alguns nomes já começam a ser especulados na web. Separamos os mais citados para ocupar o lugar que um dia foi de Bill Gates.

Qi Lu

Qi Lu

O chinês foi recentemente promovido a vice-presidente de Aplicações e Serviços da Microsoft, durante a reorganização promovida por Steve Ballmer na empresa. Ele tem 47 anos e deixou o Yahoo!, onde trabalhou por cerca de 10 anos como executivo sênior, há apenas 14 meses. Atualmente, Lu lidera a equipe da Microsoft responsável por áreas como produtividade, comunicações, busca e outros serviços da informação, cuidando de produtos como Microsoft Office, Office 365, Exchange, Yammer, Lync, Skype, Bing, Bing Apps e MSN.

O TGDaily cita que Lu tem o intelecto necessário para assumir o cargo e também trabalha um pouco afastado do grupo responsável pelo Windows 8 – um dos motivos apontados pela mídia para a decisão da aposentadoria de Ballmer. Isso pode trazer a objetividade necessária para a futura direção da empresa.

Tony Bates

Tony Bates

O ex-chefe da divisão do Skype e atual vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios e Evangelista da Microsoft é citado por uma série de veículos como potencial sucessor de Ballmer. Seu histórico mostra que Bates conseguiu transformar o Skype em uma empresa rentável (lembrando que ele conseguiu que a Micrososft desembolsasse US$ 8,5 bilhões para comprá-lo), sem contar as boas parcerias que ele tem fechado para a empresa de Redmond. O executivo tem ainda uma forte experiência com computação na nuvem, um ponto favorável em seu currículo.

Satya Nadella

Satya Nadella

Antes mesmo de Ballmer anunciar sua aposentadoria, muitos já consideravam o recém-nomeado líder do setor de Engenharia corporativa e para a nuvem da Microsoft como o provável sucessor do CEO. Em 21 anos na empresa, seus papéis anteriores incluem: presidente do setor de ferramentas e servidores, vice-presidente da divisão de serviços online e vice-presidente da divisão de negócios da Microsoft. Nadella tem uma excelente reputação e carrega uma sólida formação em engenharia, mas o pessoal da InfoWorld, por exemplo, não acredita que ele poderia impressionar os investidores da Microsoft caso assumisse o cargo de CEO.

John W. Thompson

John W. Thompson

Um possível candidato que poderia vir de fora da Microsoft. O ex-vice-presidente da IBM, ex-CEO da Symantec Corporation e atual CEO da Virtual Instruments é citado pelo TGDaily como "um cara que Wall Street deve abraçar e amar".

Durante seu mandato de 10 anos como CEO da Symantec, Thompson transformou a empresa em líder de soluções de segurança para uma base global de clientes, que inclui desde consumidores individuais quanto as maiores empresas do mundo. Durante o período em que atuou no cargo, ele fez a receita da companhia subir de US$ 600 milhões para mais de US$ 6 bilhões.

Omid Kordestani

Omid Kordestani

Mais um nome de fora da Microsoft: Omid Kordestani atualmente trabalha como assessor sênior do Gabinete do CEO, mas já foi vice-presidente sênior do Google para Vendas Globais e Desenvolvimento de Negócios; e também faz parte do Conselho da Vodafone. A carreira de Omid abrange gerenciamento de produtos, vendas, desenvolvimento de negócios e funções de gerenciamento em geral.