Com recorde de faturamento, Apple surpreende até os investidores mais céticos

Por Redação | 02.02.2015 às 12:51

Na última terça-feira (27), a Apple registrou um novo recorde de faturamento logo no primeiro trimestre fiscal de 2015. Graças ao seu crescimento no mercado chinês, a empresa conseguiu faturar 74,6 bilhões de dólares, contra os 57,6 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. Saiu na CNBC.

Com esse resultado, a empresa superou as previsões dos analistas e conseguiu vender 74,5 mihões de iPhones no mundo durante o período, contra os 62 milhões previstos. Além disso, ela conseguiu aumentar seu faturamento no mercado chinês para 16,1 bilhões neste trimestre, quase 70% a mais que no mesmo período de 2014.

Mesmo assim, muitos investidores enxergam com ceticismo e dúvidas o surpreendente crescimento da empresa. Duvidavam do Apple Pay, dos novos iPads, dos iPhones com tela maior, do mercado estrangeiro. Segundo Jim Creamer, apresentador do programa Mad Money, muitos deles deixaram de faturar alto por receio de colocar quantias maiores de dinheiro nas ações da Apple. Ledo engano.

Para ele, a alta receptividade do mercado chinês para os produtos da maçã não foi muito acreditada, da mesma forma que muitos não acreditavam ser possível que a empresa aumentasse seu faturamento insistindo na venda de iPhones.

Assim, mais uma vez a gigante da maçã deixa claro um coisa: quando eles dizem que algo vai acontecer, nós devemos acreditar.

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/mercado/2015/01/vend