Codecademy, DonorsChoose e Google se unem por mais meninas na área tecnológica

Por Redação | 20 de Junho de 2014 às 10h52
TUDO SOBRE

Google

A startup Codecademy e a plataforma filantrópica DonorsChoose estão querendo aumentar o número de mulheres estudantes de ciência da computação no ensino médio dos Estados Unidos. A parceria foi anunciada pela startup nesta quinta-feira (19).

O projeto é alimentado por um fundo de apoio de US$ 1 milhão do Google.org. A Codecademy premia as meninas do ensino médio que concluírem um curso introdutório especial de ciência da computação com US$ 125 em vale-presentes da DonorsChoose. Os professores que auxiliarem com sucesso quatro ou mais alunas a concluírem o curso também serão premiados com o valor de US$ 500 em créditos na DonorsChoose.

Esses vale-presentes da DonorsChoose podem ser usados para financiar projetos especiais de sala de aula, porém não podem ser utilizados para compra de equipamentos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O co-fundador e CEO da Codecademy, Zach Sims, afirmou que a startup começou com a intenção de "criar habilidades de trabalho acessíveis a qualquer pessoa, em qualquer lugar" e que este projeto em parceria com o Google e a DonorsChoose é um passo importante neste sentido.

De acordo com o site da DonorsChoose, as alunas interessadas receberão um vale-presente de US$ 25 via e-mail uma vez que começarem seus cursos. Quando terminarem, elas receberão um novo vale-presente de US$ 100 em uma semana.

"O programa é somente para os Estados Unidos, em parceria com o Google e a DonorsChoose", declarou Sims. Os professores e alunas de escolas públicas dos EUA podem tirar proveito do programa não só por cursarem o curso introdutório de ciência da computação, mas também por ajudarem nos projetos que possam melhorar o acesso a materiais e tecnologia na sala de aula.

Sims disse que sua equipe está se esforçando para "garantir que todos tenham acesso a uma educação que pode prepará-los para o futuro". "Nós faremos mais parcerias e espero fazer mais progresso para que a empresa cresça", concluiu o executivo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.