Cisco vai criar centro de inovação brasileiro para a Internet das Coisas

Por Redação | 09 de Janeiro de 2014 às 08h10
photo_camera Domigons e Felipe

A Cisco anunciou a instalação de um de seus centros de pesquisa para a Internet das Coisas no Brasil. Segundo o presidente da empresa, John Chambers, a ideia é investir cada vez mais na onda dos aparelhos interconectados, que para a companhia será a próxima onda de inovação mundial e, claro, um dos grandes negócios para o futuro próximo.

O anúncio contou com uma boa dose de entusiasmo da parte de Chambers, conforme reportado pelo Financial Times. De acordo com dados apresentados pela Cisco, a introdução de sistemas que interligam diversos equipamentos diferentes deve trazer US$ 19 trilhões em novos lucros pelos próximos anos, além de resultar em grande economia de dinheiro para empresas e governos.

Para mostrar que acredita na ideia, a Cisco está não apenas anunciando a instalação de uma base no Brasil – além de em outros países como Canadá, Coreia do Sul e Alemanha. A companhia também conta com um fundo de US$ 100 milhões dedicado exclusivamente a investimentos em startups ou empresas menores que possuam boas ideias relacionadas à Internet das Coisas e que querem mudar a forma como as pessoas interagem com a tecnologia em seu cotidiano.

Com a perspectiva de crescimento no número de dispositivos atingindo a casa das dezenas de bilhões para os próximos seis anos, Chambers acredita que a transformação global vai acontecer simultaneamente em todo o mundo. O fenômeno da vez, na visão dele, é diferente de outras tendência tecnológicas, que muitas vezes são adotadas primeiro nos Estados Unidos e Europa para só mais tarde chegarem a outros territórios do mundo.

As cidades inteligentes estão entre os principais pontos de interesse para a Cisco. Entre os exemplos citados por Chambers de como a tecnologia pode reduzir os custos de administração públicas estão sensores que controlam a produção de lixo e sistemas para administração de iluminação ou transporte públicos.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.