Cisco anuncia investimento de US$ 1 bilhão em serviços na nuvem

Por Redação | 29 de Setembro de 2014 às 12h50

A Cisco Systems anunciou nesta segunda-feira (29) o investimento de US$ 1 bilhão para a oferta de seus serviços de nuvem nos próximos dois anos. Com a intenção de expandir os serviços nesta área, a empresa pretende conectar centenas de data centers e provedores de tecnologia na nuvem em todo o mundo com o auxílio de mais de 30 empresas parceiras.

A rede da Cisco recebeu o nome de "Intercloud" e pretende auxiliar empresas no processamento e gerenciamento de dados gerados por grandes coletas a partir de milhões de dispositivos e aplicações no mundo, disse a empresa à Reuters.

As empresas que vão fazer parte da rede da Cisco pretendem fazer uma ponte entre a computação em nuvem pública e privada e compartilhar a infraestrutura de nuvem como uma forma de dinamizar e ter um maior alcance. Atualmente, este sistema de compartilhamento de estrutura acontece entre as empresas de telecomunicações por meio de acordos de roaming.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Entre as empresas parceiras do Intercloud estão a Deutsche Telekom, BT Group e Equinix Inc. Com as parcerias e o alcance, a Cisco pretende conectar 250 data centers em mais de 50 países para uso da rede em nuvem.

As empresas que usarem o Intercloud ainda poderão direcionar o tráfego de dados por meio de nuvens e data centers específicos. O objetivo da companhia norte-americana é auxiliá-las para que lidem melhor com as regulamentações internacionais, onde, por exemplo, os dados coletados dos cidadãos devem permanecer em data centers locais.

A empresa espera que com que a oferta de uma nuvem mais interconectada também seja possível abordar questões relacionadas com a segurança e confiabilidade na nuvem, o que por vezes impede que empresas acessem a nuvem por meio de conexões à internet.

As parcerias são parte essencial da empreitada da Cisco. A Equinix, por exemplo, é fornecedora de data centers com soluções de interconexão e, na empreitada, permitirá que os clientes tenham acesso protegido às redes de nuvem pública. A Telecom BT, por outro lado, usará a tecnologia da Cisco para interligar nuvens públicas e privadas, fazendo com que o cliente possa navegar por seus dados alocados tanto nos data centers da empresa como em outras nuvens.

O Intercloud também prevê um pacote de nuvem híbrida, onde os clientes poderão utilizar uma nuvem privada para acessar a rede.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.