Cisco anuncia investimento de US$ 1 bilhão em serviços na nuvem

Por Redação | 29 de Setembro de 2014 às 12h50

A Cisco Systems anunciou nesta segunda-feira (29) o investimento de US$ 1 bilhão para a oferta de seus serviços de nuvem nos próximos dois anos. Com a intenção de expandir os serviços nesta área, a empresa pretende conectar centenas de data centers e provedores de tecnologia na nuvem em todo o mundo com o auxílio de mais de 30 empresas parceiras.

A rede da Cisco recebeu o nome de "Intercloud" e pretende auxiliar empresas no processamento e gerenciamento de dados gerados por grandes coletas a partir de milhões de dispositivos e aplicações no mundo, disse a empresa à Reuters.

As empresas que vão fazer parte da rede da Cisco pretendem fazer uma ponte entre a computação em nuvem pública e privada e compartilhar a infraestrutura de nuvem como uma forma de dinamizar e ter um maior alcance. Atualmente, este sistema de compartilhamento de estrutura acontece entre as empresas de telecomunicações por meio de acordos de roaming.

Entre as empresas parceiras do Intercloud estão a Deutsche Telekom, BT Group e Equinix Inc. Com as parcerias e o alcance, a Cisco pretende conectar 250 data centers em mais de 50 países para uso da rede em nuvem.

As empresas que usarem o Intercloud ainda poderão direcionar o tráfego de dados por meio de nuvens e data centers específicos. O objetivo da companhia norte-americana é auxiliá-las para que lidem melhor com as regulamentações internacionais, onde, por exemplo, os dados coletados dos cidadãos devem permanecer em data centers locais.

A empresa espera que com que a oferta de uma nuvem mais interconectada também seja possível abordar questões relacionadas com a segurança e confiabilidade na nuvem, o que por vezes impede que empresas acessem a nuvem por meio de conexões à internet.

As parcerias são parte essencial da empreitada da Cisco. A Equinix, por exemplo, é fornecedora de data centers com soluções de interconexão e, na empreitada, permitirá que os clientes tenham acesso protegido às redes de nuvem pública. A Telecom BT, por outro lado, usará a tecnologia da Cisco para interligar nuvens públicas e privadas, fazendo com que o cliente possa navegar por seus dados alocados tanto nos data centers da empresa como em outras nuvens.

O Intercloud também prevê um pacote de nuvem híbrida, onde os clientes poderão utilizar uma nuvem privada para acessar a rede.

Fonte: http://www.reuters.com/article/2014/09/29/us-cisco-systems-investment-cloud-idUSKCN0HO13T20140929?feedType=RSS&feedName=technologyNews

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.