Chip feito por pesquisadores ajudará médicos prevenir e tratar doenças cardíacas

Por Redação | 07.03.2014 às 09:10

Cada vez mais pessoas morrem de doenças relacionadas ao coração, que já matam mais do que qualquer outro problema. Tal fato, no entanto, não causa espanto. É crescente, nos dias atuais, a quantidade de redes de fast food e outros tipos de alimentos que encorajam as pessoas a não cuidarem de sua saúde através de bons hábitos alimentares. Como consequência disso, cresce o número de problemas relacionados ao coração e intervenções cirúrgicas para resolvê-los. No entanto, ao que tudo indica, isso está prestes a acabar.

Segundo informações do The Verge, pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Georgia, nos Estados Unidos, vêm trabalhando no desenvolvimento de uma chip que auxiliará os médicos e cirurgiões a ver coisas dentro e ao redor do coração humano - feito até então conseguido com pouca clareza.

Minúsculo chip auxiliará médicos

O pequeno chip de silício mede apenas 1,4 mm e é operado através de um cateter. Dentro do corpo humano, ele é capaz de capturar imagens em três dimensões do coração, assim como todas as artérias e veias que rodeiam o órgão. Acredita-se que esse diminuto chip causará um grande impacto na maneira como as doenças do coração e artérias obstruídas são combatidas.

Apesar de atualmente já ser possível ver imagens internas do coração, elas não permitem enxergar tudo o que está acontecendo no tórax. Agora, usando as imagens volumétricas capturadas pelo chip, os médicos serão capazes de ver o que antes ficava em pontos parcialmente cegos.

Se o chip se mostrar um sucesso, os cirurgiões esperam não só prevenir as doenças relacionadas ao coração, como também diminuir o número de intervenções cirúrgicas no órgão ou para desobstruir seus canais.