Centro de desenvolvimento de tablets da Qualcomm será instalado em São Paulo

Por Redação | 22 de Agosto de 2012 às 12h40

Boas novas para o Brasil, sobretudo para a capital paulista: o CEO da Qualcomm, Paul Jacobs, se reuniu nesta terça-feira (21) com a presidente Dilma Rousseff e o ministro Paulo Bernardo para discutir a instalação do centro de desenvolvimento de design de referência para tablets e do laboratório de desenvolvimento de aplicativos para smartphones.

Ao término do encontro, Jacobs disse em entrevista a jornalistas que o objetivo do investimento é "estimular o desenvolvimento de fabricantes no Brasil".

O governo está preocupado em investir em tecnologia e incluiu os smartphones nos benefícios da Lei do Bem, para que seja estimulada a fabricação local de equipamentos tecnológicos. De acordo com Jacobs, na próxima semana deve sair uma lista completa com o nome das empresas que poderão trabalhar junto ao centro. Uma delas já foi aprovada: a CCE.

E parece que as coisas estão indo de vento em popa: segundo Cristiano Ramon, presidente da divisão de semicondutores da Qualcomm, o primeiro projeto de cooperação com a indústria nacional já deve sair no primeiro trimestre de 2013.

Ainda não foram revelados os números envolvidos no projeto, mas de acordo com Rafael Steinhauser, presidente da companhia para a América Latina, a indústria como um todo só tem a ganhar com a movimentação de uma nova tecnologia em solo nacional. Paul Jacobs afirma que o centro deverá empregar menos de cem pessoas.

Jacobs pretende expandir o atendimento via telemedicina, utilizado nas Olimpíadas de Londres, para o Rio 2016. Segundo Paulo Bernardo, a presidente se mostrou muito interessada nas novas propostas.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.