Casa onde Steve Jobs cresceu é declarada como patrimônio histórico nos EUA

Por Redação | 30 de Outubro de 2013 às 18h12
photo_camera Divulgação

A Comissão Histórica da cidade de Los Altos, no Vale do Silício, Califórnia (EUA), decidiu em votação unânime que a casa onde Steve Jobs viveu será tombada pelo governo e transformada em patrimônio histórico do município. As informações são do Slash Gear.

A residência está localizada na rua Crist Drive número 2066, e desde 2011 era avaliada pelos membros da comissão para torná-la em um momento histórico da cidade. Após a decisão do conselho, o local, cuja dona é a irmã de Jobs, Patricia Jobs, terá segurança reforçada e checagens periódicas para evitar que danos atinjam a construção.

"Steve Jobs é considerado um gênio que misturou tecnologia e criatividade para inventar e vender produtos que mudaram grandes setores da indústria – computadores pessoais, filmes de animação, música, telefones, tablets e edição digital. Esperamos que sua influência seja sentida por várias gerações futuras", diz o documento de avaliação de propriedade.

Steve Jobs - Casa

A casa onde Steve Jobs passou a infância e adolescência ao lado de seus pais adotivos não sofreu qualquer reforma desde aquela época – com exceção da porta, que foi substituída. A garagem da residência foi o lugar onde Jobs, junto ao amigo Steve Wozniak, deu origem aos primeiros cinquenta computadores da Apple, que foram vendidos por US$ 500 cada.

Nove meses depois da primeira venda, em 1977, a Apple Computer Co. foi formalmente estabelecida e transferiu suas operações para a cidade vizinha, Cupertino.

Recentemente, a casa também serviu de cenário para a gravação do filme "Jobs", em que Ashton Kutcher interpreta o cofundador da Maçã. O Canaltech já visitou o local e viu que a casa continua bem conservada e a famosa garagem, intacta.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.