Carro é capaz de monitorar a saúde do motorista e até medir batimentos cardíacos

Por Redação | 05.10.2012 às 07:40
photo_camera Carros Usados

Os nossos gadgets e até nossos carros estão cada dia mais integrados às nossas vidas e nossos hábitos. Agora, pesquisadores da Universidade do Sul da Califórnia criaram um carro capaz de monitorar a saúde do motorista e até medir os batimentos cardíacos do motorista, o Nigel.

O Nigel, que na verdade é um Mini Cooper, é equipado com mais de 230 sensores combinados com um aplicativo desenvolvido para iOS que monitora os hábitos do motorista e ainda é capaz de sugerir atividades para cada um dos seus usuários.

De acordo com o Technology Review, Leslie Saxon, chefe do departamento de cardiologia da Universidade, relatou que os cuidados com a saúde precisam estar cada vez mais integrados às atividades diárias das pessoas e sensores de monitoramento do corpo humano integrados a um veículo podem ser uma excelente opção para aprimorar os cuidados com o bem estar dos motoristas.

A ideia dos pesquisadores é tornar possível a avaliação de alguns aspectos da saúde do usuário através dos componentes do próprio veículo. Por exemplo, a integração de sensores ao volante do automóvel será capaz de medir a atividade cardíaca do motorista. Além disso, o sistema permitirá a auto-avaliação do condutor, ou seja, ele será capaz de observar se seus batimentos aumentam quando o carro atinge determinada velocidade ou quando uma música relaxante toca.

Especialistas acreditam que o armazenamento de dados sobre a saúde de pacientes e sua capacidade de auto-avaliação permitem que as pessoas entendam melhor as reações do seu organismo. Além disso, o carro ainda poderia ser o ambiente ideal para medir o estresse dos indivíduos, já que o ato de dirigir é uma verdadeira prova de paciência.

Sistema de monitoramento de saúde carros

O sistema é capaz de monitorar o estresse dos motoristas

Quanto mais envolvido o paciente estiver com as condições do seu organismo como, por exemplo, pressão arterial, peso e batimentos cardíacos, mais ele percebe o quanto sua rotina e seus hábitos afetam a sua saúde. Consequentemente, têm mais disposição na hora de cuidar melhor do corpo.

Por enquanto, os pesquisadores ainda estão realizando outros testes com o Nigel e não se sabe quando ele estará pronto para ser comercializado.