COO do Yahoo é demitido após queda na receita de publicidade

Por Redação | 16.01.2014 às 13:37

Considerado por muitos como o “número dois” do Yahoo, o COO Henrique de Castro está deixando a empresa nesta quinta-feira (16). As razões para a dispensa não foram reveladas oficialmente. Informações da revista americana Forbes, porém, indicam que ele foi demitido pela CEO Marissa Mayer devido à queda contínua nas receitas de publicidade.

Castro foi contratado em novembro de 2012 para, justamente, melhorar o desempenho do Yahoo nesse quesito. Em 2013, a empresa conseguiu aumentar seu tráfego online, mas sem que a receita com anúncios acompanhasse o crescimento. Essa ainda é uma das principais fontes de renda da companhia, que enfrenta concorrência constante de rivais de peso, como Google ou Microsoft.

Uma possível saída de Castro já vinha sendo cogitada desde setembro de 2013 e ganhou força durante a Consumer Electronics Show 2014, onde o executivo não deu as caras. A CEO Marissa Mayer assumiu pessoalmente o controle do show, conduzindo as conferências da companhia e estando presente em reuniões com executivos para fechamento de negócios.

De acordo com a Forbes, o Yahoo não deve contratar um novo COO no futuro próximo e as funções de Castro serão divididas entre outros diretores. A empresa é hoje a terceira provedora de anúncios da internet, após perder a segunda colocação para o Facebook no terceiro trimestre de 2013 e registrar queda de 7% nesse tipo de faturamento.

A notícia da demissão gerou uma queda de 0,6% nas ações do Yahoo. Antes de integrar o quadro da empresa, Henrique de Castro trabalhava no Google, onde gerenciava as plataformas de mídia e mobile, além de ser vice-presidente do grupo Partner Business Solutions, voltado para soluções empresariais.