COMPUTEX: NVIDIA apresenta versão final do seu console portátil Shield

Por Redação | 05 de Junho de 2013 às 14h25

O atual CEO da NVIDIA, Jen-Hsun Huang, apresentou nesta terça-feira (4) a versão final do console portátil Shield durante a COMPUTEX 2013, que acontece até o próximo sábado em Taipei, Taiwan. O executivo afirmou que as primeiras unidades do Shield começarão a ser entregues para as pessoas que o adquiriram no período de pré-venda até o final deste mês. Saiu na CNET.

A versão final mantém o mesmo design e recursos técnicos do protótipo apresentado pela companhia em janeiro deste ano na CES 2013 (Consumer Electronic Show). No entanto, Huang afirma que alguns aspectos do design industrial do console foram modificados para que o aparelho apresente mais solidez. O Shield se assemelha com o controle do Xbox 360, porém é equipado com uma tela de alta definição de cinco polegadas e tem seu sistema baseado no processador Tegra 4, também da NVIDIA, e no Android.

NVIDIA Shield

Reprodução: CNET

O console ainda é equipado com memória RAM de 2GB e tem capacidade de rodar todos os aplicativos para Android, embora nem todos os produtos vendidos na Google Play possam ser otimizados para o uso no console portátil. E o Shield também é capaz de acessar jogos para PC, desde que estes estejam rodando em um computador equipado com processador NVIDIA.

A empresa afirma que como está ingressando agora no mercado de consoles portáteis e está iniciando sua competição com outras fabricantes já consolidadas como Sony e Nintendo, é necessário ter muita cautela. Portanto, o Shield não deve ser vendido em outros mercados além dos Estados Unidos até que todos os detalhes sobre seu modelo de venda estejam acertados e, no último mês, a NVIDIA abriu a pré-venda do dispositivo de forma mais limitada por US$ 349 (R$ 732).

NVIDIA Shield
NVIDIA Shield

Fotos: Reprodução: CNET

Jen-Hsun Huang ainda aproveitou a oportunidade para anunciar que a NVIDIA está trabalhando em conjunto com a Valve para que sua loja de games, a Steam, seja lançada para o Shield e funcione melhor em aparelhos portáteis. O executivo explicou que o lançamento do console está diretamente relacionado com os planos de construção de um mundo com "múltiplas telas", conectando diversos dispositivos através da nuvem.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.