CEO da Oracle acredita que Apple vai fracassar sem Steve Jobs

Por Redação | 13 de Agosto de 2013 às 13h36
Tudo sobre

Oracle

Larry Ellison, CEO da Oracle, nunca escondeu que era um grande admirador de Steve Jobs, e, durante uma entrevista para o programa This Morning, do canal norte-americano CBS, ele disse que a Apple não terá um bom futuro sem o seu cofundador.

"Ele foi brilhante", disse o executivo da Oracle, que já fez parte do conselho de administração da Maçã. "Ele era o nosso [Thomas] Edison, ele era nosso Picasso. Ele era um inventor incrível", completou. Ellison e Jobs eram amigos próximos, e não é de hoje que o executivo da Oracle elogia a habilidade, percepção e atenção do cofundador da Apple.

O CNET relembra que em 1998 Ellison já dizia que Jobs era o melhor executivo-chefe da Apple. E, quando ele faleceu em 2011, Ellison disse que "Steve traduzia boas ideias em produtos acabados como ninguém fazia na indústria".

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Durante a conversa no programa This Morning, o entrevistador perguntou como o executivo enxerga o direcionamento da Apple sem Steve Jobs no comando. Ellison disse que basta olhar para a história para ver como será o futuro da empresa: não muito brilhante.

"Bem, nós já sabemos. Nós vimos, foi realizado um experimento", disse o CEO da Oracle. Ele cita o exemplo de quando Jobs se afastou da empresa, na década de 80, após desentendimentos com o então CEO da Maçã, John Sculley. Naquela época, a empresa enfrentou uma queda em seus números, e na segunda metade dos anos 90 Jobs voltou à empresa. Ele, então, promoveu uma revolução, com lançamento de uma série de produtos inovadores, como o iPod, iPhone e iPad.

E Ellison não está errado. Basta ver que a Apple já está travada no quesito lançamento de novos produtos e inovações capazes de mudar o rumo do mercado, como Jobs fez. Essa fase "entediante" da Maçã está refletindo até mesmo no movimento de suas lojas físicas. Grandes veículos, como o The Wall Street Journal, já haviam noticiado que as lojas físicas da Apple estavam perdendo seu brilho e apresentando queda nas vendas pela primeira vez em quatro anos.

Até mesmo o conselho administrativo da Apple, composto pelo ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore, pelo presidente da Intuit, Bill Campbell, pelo CEO da Disney, Bob Iger, entre outros grandes nomes, se pronunciou recentemente afirmando que está preocupado com a recente falha no quesito inovação da empresa, exigindo também que Tim Cook, CEO da Maçã, "acelere" esse processo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.