CEO da Oracle acredita que Apple vai fracassar sem Steve Jobs

Por Redação | 13 de Agosto de 2013 às 13h36

Larry Ellison, CEO da Oracle, nunca escondeu que era um grande admirador de Steve Jobs, e, durante uma entrevista para o programa This Morning, do canal norte-americano CBS, ele disse que a Apple não terá um bom futuro sem o seu cofundador.

"Ele foi brilhante", disse o executivo da Oracle, que já fez parte do conselho de administração da Maçã. "Ele era o nosso [Thomas] Edison, ele era nosso Picasso. Ele era um inventor incrível", completou. Ellison e Jobs eram amigos próximos, e não é de hoje que o executivo da Oracle elogia a habilidade, percepção e atenção do cofundador da Apple.

O CNET relembra que em 1998 Ellison já dizia que Jobs era o melhor executivo-chefe da Apple. E, quando ele faleceu em 2011, Ellison disse que "Steve traduzia boas ideias em produtos acabados como ninguém fazia na indústria".

Durante a conversa no programa This Morning, o entrevistador perguntou como o executivo enxerga o direcionamento da Apple sem Steve Jobs no comando. Ellison disse que basta olhar para a história para ver como será o futuro da empresa: não muito brilhante.

"Bem, nós já sabemos. Nós vimos, foi realizado um experimento", disse o CEO da Oracle. Ele cita o exemplo de quando Jobs se afastou da empresa, na década de 80, após desentendimentos com o então CEO da Maçã, John Sculley. Naquela época, a empresa enfrentou uma queda em seus números, e na segunda metade dos anos 90 Jobs voltou à empresa. Ele, então, promoveu uma revolução, com lançamento de uma série de produtos inovadores, como o iPod, iPhone e iPad.

E Ellison não está errado. Basta ver que a Apple já está travada no quesito lançamento de novos produtos e inovações capazes de mudar o rumo do mercado, como Jobs fez. Essa fase "entediante" da Maçã está refletindo até mesmo no movimento de suas lojas físicas. Grandes veículos, como o The Wall Street Journal, já haviam noticiado que as lojas físicas da Apple estavam perdendo seu brilho e apresentando queda nas vendas pela primeira vez em quatro anos.

Até mesmo o conselho administrativo da Apple, composto pelo ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore, pelo presidente da Intuit, Bill Campbell, pelo CEO da Disney, Bob Iger, entre outros grandes nomes, se pronunciou recentemente afirmando que está preocupado com a recente falha no quesito inovação da empresa, exigindo também que Tim Cook, CEO da Maçã, "acelere" esse processo.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.