Brasileiros são os mais estressados no trabalho, afirma pesquisa

Por Redação | 28 de Junho de 2013 às 11h03

Quem nunca ouviu um colega de trabalho reclamar que estava estressado? Os profissionais brasileiros são os que mais se queixam sobre o tema, segundo uma pesquisa da Robert Half. Foram entrevistados 1.775 diretores de RH, sendo 100 deles brasileiros, e 42% afirmaram que o stress é uma reclamação bastante comum no ambiente de trabalho – apenas 2% disseram não presenciar o stress de forma alguma.

O excesso de tarefas (52%), a falta de reconhecimento (44%) e a pressão econômica (38%) são os principais fatores que levam os profissionais a ficarem ansiosos e irritados em relação ao trabalho. Duas possíveis soluções, de acordo com os diretores entrevistados, seria a ênfase no trabalho em equipe (60%) e a reestruturação e redistribuição das tarefas (51%).

No ranking dos estressados, o Chile apareceu em segundo lugar (33%) e a Austrália em terceiro (20%). O posto de profissionais mais tranquilos ficou com a França, país em que apenas 2% dos profissionais de RH identificaram seus colegas como estressados. A média mundial é de 11%.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.